Grande Natal

Concursados de Nísia Floresta devem ser nomeados em 30 dias


O juiz Tiago Neves Câmara, da Comarca de Nísia Floresta, determinou, liminarmente, que o Município de Nísia Floresta nomeie, no prazo de 30 dias corridos, os candidatos habilitados no concurso público objeto do Edital nº 001/2016, que estejam com a sua classificação preterida por contratação temporária.

Para tanto, o magistrado determinou que o Município rescinda todos os 231 contratos temporários, cujos cargos tenham expressa previsão no edital e que tenham candidatos devidamente habilitado no certame, ainda que fora no número de vagas. Com a decisão, a Prefeitura terá de nomear 231 aprovados no concurso de 2016. Caso haja descumprimento da determinação, a Prefeitura pagará multa diária de R$ 10 mil.

Para comprovar que cumpriu a decisão, o Município deverá apresentar em juízo, no prazo assinalado, relação de todos os candidatos habilitados no concurso, fazendo referência aos respectivos cargos; bem como todos os servidores que foram contratados temporariamente pela Prefeitura com amparo na Lei Complementar Municipal nº 020/2017, com o respectivo cargo e data de admissão; e todas as nomeações e rescisões realizadas por força da decisão.

Ele ainda determinou a intimação, pessoalmente, do prefeito de Nísia Floresta para providenciar o cumprimento da determinação, com a advertência de que o não atendimento da decisão poderá importar em ato atentatório a dignidade da justiça, de modo que, sem prejuízo das sanções criminais, civis e processuais cabíveis, o gestor poderá ser obrigado a pagar multa de até 20% do valor da causa e ter o nome inscrito na dívida ativa (art. 77, §§ 2º e 3º, do CPC/2015).

Editora do IFRN lança 40 livros em conjunto com a Academia Norte-Rio-Grandense de Letras


A Editora do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) lança nesta quinta-feira (27) os livros editados e publicados referentes ao ano de 2016. O evento tem início às 19h, na Academia Norte-rio-grandense de Letras (ANRL), e contará com a presença de autoridades, organizadores, autores e convidados.

A edição deste ano terá uma configuração diferente: serão 40 obras lançadas, das quais 23 são impressas e 17 em formato eletrônico. Ao todo são 250 pessoas envolvidas nas produções, entre organizadores, autores e coautores. “É a primeira vez que lançamos uma quantidade de obras tão significativa e justo nesse momento, que representa uma nova etapa nas atividades da Editora”, disse Darlyne Fontes, coordenadora da Editora.

Natal lidera em casos de homicídio


Um relatório detalhado sobre o total de homicídios registrados no Rio Grande do Norte, divulgado pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) ontem mostra a capital, Natal, como o município potiguar com o maior número de casos registrados em 2017. São 220 Condutas Violentas Letais Intencionais (CVLI) contabilizadas desde o dia 1º de janeiro até a última sexta-feira (28). O número é 19,6% superior ao mesmo período registrado em 2016, com 184 homicídios.

Segundo dados apresentados pelo especialista em segurança pública Ivênio Hermes, em audiência realizada na Assembleia Legislativa, a zona Oeste de Natal aparece com a região com maior número de assassinatos este ano. A zona Sul tem o maior crescimento percentual nos últimos anos em relação ao mesmo quesito. As zonas Oeste e Norte lideram número de investigações de assassinatos e que, em termos proporcionais, superam a capacidade de investigação da Polícia Civil devido ao número reduzido de agentes.

Tráfico no RN está nas mãos de 10 criminosos


Antes restrito a “becos” e “quebradas” de comunidades carentes, o tráfico de drogas ganha proporções maiores e conquista mais espaço nas grandes avenidas e cidades do interior do Rio Grande do Norte. No estado, a disputa pelo domínio do tráfico é rivalizada por traficantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) e do Sindicato do RN, que “se matam” diariamente pelo domínio de territórios.  Listados por fontes da TRIBUNA DO NORTE ligados à polícia, os dez maiores traficantes comandam o comércio de dentro da cadeia e movimentam milhões de reais, outros estão foragidos.   Somente em 2016, a delegacia de narcóticos de Natal prendeu 116 pessoas e apreendeu 300 quilos em drogas. Nas “mãos” dos suspeitos, foram encontrados R$ 374 mil em objetos, sem contar com o valor dos entorpecentes.

Contas de luz ficarão mais caras a partir de maio


As contas de luz de maio terão bandeira tarifária vermelha patamar 1, o que representa um acréscimo de R$ 3 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Este é o segundo mês em que a bandeira vermelha é ativada neste ano.

A bandeira tarifária vermelha é acionada quando é preciso ligar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas. Ela possui dois patamares de cobrança. Quando o custo das termelétricas ligadas supera R$ 422,56 por megawatt-hora (MWh), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) utiliza o primeiro patamar da bandeira vermelha, que adiciona entre R$ 3,00 a cada 100 kWh consumidos. Se o custo dessas usinas for superior a R$ 610,00 por MWh, o sistema atinge o segundo patamar da bandeira vermelha cujo acréscimo é de R$ 3,50 a cada 100 kWh.

Encontro dos Profissionais do Turismo de Natal recebe o secretário de Turismo de Extremoz como palestrante


O Encontro dos Profissionais do Turismo de Natal, idealizado e promovido pela jornalista de Turismo, Cristina Lira, em sua edição de abril, receberá no dia 19(quarta-feira), às 19hs no salão Europa do SERHS Natal Grand hotel, o palestrante convidado da noite, o secretário de Turismo de Extremoz, Rogério Pessoa Dinis, que falará sobre o tema: “Extremoz, como porta de entrada do litoral norte , seus potenciais e as oportunidades de novos investimentos na região “.

O Encontro existe há cinco anos em Natal.Sempre acontece uma vez por mês. Evento focado em networking, troca de ideias, negócios e parcerias entre os profissionais da área. O Encontro já acontece em vários lugares do Brasil, como Região do Vale do Paraiba (SP), Foz do Iguaçu (PR), Gramado (RS), São Paulo e em março foi realizado o I Encontro internacional em Portugal.O encontro é aberto para profissionais da área. No evento cada um paga o seu.

Foragido de Alcaçuz é preso com armas e identidade falsa em Mossoró


A Polícia Militar prendeu, nesta sexta-feira (14), um dos presos que escaparam e Alcaçuz no dia 14 de janeiro deste ano, durante rebelião que deixou pelo menos 26 mortos. Bonfim Tarcísio da Silva foi localizado em uma residência, na rua São José, no bairro Belo Horizonte, em Mossoró.

O major Maximiliano Fernandes, comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, informou que no momento da abordagem, Bonfim Tarcísio estava de posse de uma espingarda calibre 12, com quatro munições, e um revólver calibre 38, com mais três munições.

Além disso, o foragido de Alcaçuz também usava um identidade falsa com fotografia dele, mas nome de outra pessoa. Bonfim, que já respondia por tráfico de drogas e roubo, foi conduzido para a delegacia da Polícia Civil para ser autuado pelo flagrante das armas e documento falso.

Com informações do G1.

Aplicativo Lavô realiza treinamento em Natal na segunda (03)


 Serviço oferece carro limpo e aspirado em qualquer ponto da cidade. Interessados precisam se cadastrar no site da empresa www.lavo.online, na sequência passam por um treinamento para depois começar atender a clientela. Aqui em Natal o treinamento acontecerá no dia 03 de abril, a partir das 10h, no Hotel Terrazzo Ponta Negra (Roberto, Freire, 4795). Para participar o candidato deve estar com o cadastro feito no aplicativo.

O esquema é bem semelhante ao aplicativo Uber. Você baixa o aplicativo LAVÔ no seu celular e pede a lavagem do seu automóvel, o LAVÔR que estiver mais perto do local indicado se direciona e vai até você para lavar seu carro. Para se estabelecer em Natal, o aplicativo está disponibilizando 1.500 mil vagas para contrato imediato, com ganho estimado de até R$ 6 mil.

São ofertados cinco tipos de lavagem, que duram entre 35 minutos e uma hora e meia, utilizando produtos sustentáveis, ecológicos e com a crise hídrica que enfrentamos é um ótimo aliado no combate ao desperdício de água. A limpeza é feita em qualquer horário e local, aceitando pagamento em cartões de crédito e débito. O custo do serviço varia entre R$ 30 e R$ 145.

O aplicativo estima que a renda mensal possa chegar até R$ 6 mil por mês, dependendo da demanda exercida. Os pagamentos são semanais. “A empresa oferece 10 mil vagas em todo o país. Deste total, 1.500 são destinadas a Natal e a promessa de ganho é de até R$ 6 mil por mês”, o diretor geral da Lavô no Brasil, Ricardo Pereira.

O serviço já está disponível em algumas cidades do Brasil como: Belo Horizonte, Brasília, João Pessoa, Recife, Goiânia, Vitória, Anápolis e Uberlândia e agora Natal.

Assista ao vídeo:

 

Gestores do IFRN debatem parceiras com o Comando da Polícia Militar


Na busca por apoio a demandas internas, de patrulhamento nas áreas dos campi e da construção de ações educativas de seus públicos no quesito segurança, um grupo de gestores do IFRN foi recebido pelo coronel Azevedo, comandante geral da Polícia Militar do RN. O encontro aconteceu na tarde desta quarta (15). Na oportunidade, além do reitor do IFRN, professor Wyllys Farkatt Tabosa, estiveram presentes os diretores-gerais dos campi Natal-Cidade Alta, Carlos Eduardo Campos Freire; Natal-Zona Norte, Valdemberg Pessoa; Parelhas, Gerlúzia Azevedo; Parnamirim, Ismael Felix Coutinho, e São Gonçalo do Amarante, Marilac de Castro.

A reunião tratou ainda da possibilidade de parcerias para convênio de estágio dos estudantes do Instituto naquele órgão de segurança pública. Presentes à reunião, estavam também os comandantes do policiamento do interior, da região metropolitana e o subdiretor de ensino da corporação: tenente coronel Trigueiro, coronel Osmar e tenente Arthur, respectivamente.

“Defensoria Sem Fronteiras”: processos de 1.200 presos serão analisados por força-tarefa no Rio Grande do Norte


Começaram, na manhã desta segunda-feira (13), os trabalhos de mais uma etapa do “Defensoria Sem Fronteiras”, programa do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege), que reúne defensores públicos de todo o país para dar celeridade no andamentos de processos judiciais. Até o fim da próxima semana (24/03), 40 defensores públicos dos estados, do Distrito Federal e da União analisarão os processos de 1.200 internos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz e do Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga, palcos das rebeliões de janeiro deste ano na região metropolitana de Natal.

“Nós acreditamos no ‘Defensoria Sem Fronteiras’ como sendo a demonstração da capacidade da Defensoria Pública de se comprometer e oferecer resultados em situações de crise”, disse o presidente do Condege, Ricardo Batista na abertura dos trabalhos. Esta é a segunda edição do programa este ano. Em fevereiro, 76 defensores se reuniram em Manaus (AM) para avaliar a situação de 5.200 presos de nove unidades prisionais.

Lavô, o “Uber” dos lava-jatos começa a atuar no RN agora em março


O aplicativo ‘Lavô’, semelhante a Uber, porém voltado para a lavagem de carros, estará disponível para Natal a partir deste mês de março. A empresa está oferecendo 1.500 vagas e os interessados devem fazer cadastro no site da empresa www.lavo.online.

De acordo com o diretor geral da Lavô no Brasil, Ricardo Pereira, a empresa oferece 10 mil vagas em todo o país. Deste total, 1.500 são para Natal e a promessa de ganho é de até R$ 6 mil por mês. “Pretendemos não ultrapassar o número de pessoas trabalhando com o nosso aplicativo para não superlotar o sistema e também para que as pessoas consigam receber um valor considerável pelo trabalho”, disse.

Tornar-se um “Lavôr” é uma ótima oportunidade tendo em vista que o desemprego bateu recorde no RN em 2016. Segundo aponta recente estudo do Sebrae/RN “Análise da Evolução do Mercado”; 15.806 vagas foram encerradas. O número de desempregados aumentou 29,8% em comparação com 2015.

Ricardo Pereira disse também que as pessoas que preencherem o cadastro (para se tornar um “Lavôr”) e passarem pela primeira etapa, que é de análise de documentos, receberão um manual e terão que fazer um investimento para começar o trabalho. O serviço já está disponível em algumas cidades do Brasil como: Belo Horizonte, Brasília, João Pessoa, Recife, Goiânia, Vitória, Anápolis, Uberlândia e agora em Natal.

“O candidato apto recebe uma apostila com todas as informações e treinamento teórico que ele precisa. Então, o candidato compra os produtos de limpeza, aspirador de pó e adesivos de identificação para o carro que custa R$ 1.400,00. Os produtos são padronizados, se a pessoa passar férias em outro Estado, por exemplo, e quiser ganhar dinheiro com a Lavô, poderá”, explicou Ricardo Pereira, diretor geral da Lavô no Brasil.

Complexo Viário 4º Centenário recebe ação de limpeza


A Prefeitura do Natal realizou neste sábado (11) mais uma ação do programa “Nossa Cidade Mais Limpa”, com o objetivo de fazer a limpeza dos principais logradouros públicos da cidade. O Complexo Viário do 4º Centenário, na zona Sul, foi o primeiro a receber os serviços.

O programa é um trabalho conjunto para limpeza e conversação dos equipamentos públicos entre as secretarias Municipais de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), de Serviços Urbanos (Semsur), de Mobilidade Urbana (STTU) e a Companha de Serviços Urbanos de Natal (Urbana). Além de limpeza dos viadutos, foi realizada a remoção de cartazes, capinação, jardinagem e pintura.

O prefeito Carlos Eduardo acompanhou de perto as atividades da ação de hoje do Nossa Cidade Mais Limpa, que teve início em 2013. “Considero importante realizarmos periodicamente a ação Nossa Cidade Mais Limpa, a qual iniciamos em 2013, com isso, vamos conseguindo conservar os nossos logradouros. Esse tipo de iniciativa é valorosa para os natalenses”, destacou.

Aluno do IMD/UFRN é convidado para trabalhar na Microsoft


Apaixonado por videogames e computação, Lucas Pinheiro Otaviano André, 22 anos, aluno concluinte do Bacharelado em Tecnologia da Informação do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), poderá transformar seu hobby em ferramenta de trabalho. Curioso e estudioso sobre emulação de videogames, engenharia reversa, vulnerabilidade de software, assembly e hacking, Lucas vê seu sonho transformar-se em realidade: foi convidado para trabalhar na Microsoft, na área de segurança de software (Security Software Engineer), em Redmond, Washington (EUA).

Polícia prende suspeitos de matar guarda Municipal em Natal


Um dos criminosos que participou da morte de um guarda municipal de Natal, na manhã da terça-feira (14), explicou à Polícia Civil o motivo do crime. Os bandidos queriam roubar a arma do guarda, que estava de serviço na zona Norte de Natal. Ainda na noite terça-feira (14), quatro homens foram presos. Dois foram liberados por falta de provas, na manhã de ontem (15) e outros estão presos e flagranteados. Segundo os criminosos, a ação foi premeditada.

Em depoimento à delegada Liana Carneiro, Caio Victor de França e Silva, 25 anos e foragido do Presídio Rogério Coutinho Madruga, o Pavilhão 5 de Alcaçuz, disse que viu o guarda municipal em uma motocicleta na avenida Itapetinga e com uma arma na cintura. O bandido, então, planejou roubar a arma do guarda e, para isso, disse ter contado com o apoio de mais duas pessoas: um bandido que está foragido e Manoel Thiago do Nascimento, de 24 anos, que trabalha como motorista de Uber.

STF vai avaliar pedido da PGR de intervenção federal no Sistema Prisional do RN


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, avalia pedir intervenção federal no Sistema Penitenciário do Rio Grande do Norte. A intervenção afasta a autonomia do Estado e um interventor é nomeado para tomar medidas independente do governador. O processo aberto mês passado tramita na Procuradoria Geral da República (PGR), em Brasília, e analisa os 13 dias de rebeliões nas Penitenciárias Estaduais de Alcaçuz e Rogério Coutinho Madruga, em Nísia Floresta.

A violação de direitos humanos decorrentes da chacina de 26 presos e os riscos à população oriundos dos ataques a ônibus, prédios públicos e carros oficiais balizaram a instauração do procedimento. A decisão final sobre a intervenção federal, porém, caberá à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e deverá ocorrer até o mês de abril.

Governo do RN confirma 56 fugas de Alcaçuz, 26 mortes e 20 “levaram falta”


Os números oficiais apresentados pela Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania – Sejuc, na tarde de quarta-feira, confirmam a morte de 26 presos ao longo de 13 dias de crise. Pela primeira vez o governo apresenta a quantidade de fugas: 56, e admite que esse número pode subir. E uma novidade: 20 presos levaram falta. Isto mesmo.

“Quem não respondeu à chamada (na recontagem do dia 24) ou morreu, ou está ferido ou fugiu”, avaliou Wallber Virgolino, titular da pasta de Justiça e Cidadania. Sobre os 20 presos que ‘levaram falta’, Virgolino informou que “está sendo feito um levantamento para averiguar se foram transferidos para o hospital ou se saíram com alvará para progressão da pena”.

O secretário reafirmou que durante a rebelião muitos documentos (dos detentos) foram destruídos. A declaração foi dada durante entrevista coletiva concedida na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, pouco antes dele entrar para reunião do GGI (Gabinete de Gestão Integrada).

Deputados estaduais aprovam projeto para convocação de reservistas


A Assembleia Legislativa aprovou, sem emendas, o projeto do lei do governo estadual que autoriza a convocação de policiais da reserva remunerada para os serviço ativo da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, limitado até 25% do efetivo legal da corporação, que é de 13.466 oficiais e praças. Deputados da oposição disseram que votaram a favor do projeto como contribuição para minimizar a crise na segurança pública do Estado, com a ressalva de que a matéria “pode ser questionada judicialmente”, como admitiu a deputada Márcia Maia (PSDB). O projeto de lei autoriza a convocação de 3.366 reservistas.

Juiz proíbe greve de agentes penitenciários no RN; Sindicato acata decisão


Uma liminar expedida pelo juiz Múcio Nobre, convocado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte em substituição ao desembargador Claudio Santos (que encontra-se de férias), proíbe os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte a fazer greve. A desobediência acarretará multa de R$ 10 mil diária ao sindicato da categoria. A decisão foi publicada na manhã de ontem. Por volta da meia-noite, no entanto, o site do Sindicato lançou uma nota afirmando que acatariam a decisão judicial, apesar de lamentar a postura do Governo Robinson Faria.

Muro de contêineres separando pavilhões está montado


Policiais do Batalhão de Operação Especiais (Bope) e da tropa de Choque (BPChoque), e agentes do Grupo de Operações especiais (GOE) e do Grupo de Escolta Penal (GEP)  participaram da nova intervenção no interior da Penitenciária de Alcaçuz, em Nísia Floresta. A operação iniciada às 10h10 da terça-feira (24), 11º dia da maior crise prisional da história do Rio Grande do Norte, contou com escolta de veículo blindado, e pela primeira vez teve presença de efetivo da Companhia Independente de Proteção Ambiental (Cipam) e da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) nas ações táticas como escolta e patrulha do entorno.

Robinson: “A orientação que dou é que não pode haver negociação”


As cenas de selvageria humana, ontem em Alcaçuz, foram classificadas como um “pequeno confronto” pelo governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), responsável pelos presídios potiguares, confirma que houve mortos e feridos na quinta-feira, mas não há quantidade definida.

Na entrevista coletiva concedida ontem, o chefe do Executivo estadual negou a negociação entre governo e o Primeiro Comando da Capital (PCC). Ele não vê problema em aumentar o número de presos neutros – portanto passíveis de recrutamento – dentro do presídio.

Na terça-feira passada, em entrevista coletiva em Brasília, o governador Robinson Faria disse que havia cerca de 800 presos do Sindicato e 200 do PCC em Alcaçuz. Com a retirada de 220 “sindicalizados” na quarta-feira, cerca de 580 permaneceram no presídio. Para completar, o governo planejava a entrada de 230 detentos neutros em Alcaçuz. Mas só 114 ficaram.

“Pretendemos manter esses presos mais neutros com os presos do pavilhão 5”, disse Caio Bezerra na quarta-feira. Vale lembrar que os presos neutros (chamados de “massa potiguar”) são forçados a escolher um lado quando a disputa entre as facções se intensifica.

Ainda conforme Faria, as transferências são operações complexas, que exigem, por exemplo, autorização dos juízes de execuções penais. Mas mesmo sem autorização judicial, o governo tentou colocar 230 presos na maior unidade penal do RN na quarta-feira.

Além disso, Faria sustentou que a polícia nunca saiu da área interna de Alcaçuz. No entanto, do alto das dunas de Nísia Floresta, onde se têm visão privilegiada de Alcaçuz, não se vê policiais na área interna, permanentemente, desde sábado. Policiais estão 24 horas somente nas guaritas, que segundo ele, já era o suficiente para evitar confronto. Mas o conflito de ontem contraria o discurso do governador. Ontem, as forças táticas da PM entraram em Alcaçuz e continuaram dentro da unidade ao longo da noite e madrugada de hoje.