Rio Grande do Norte

Sementes da Caatinga podem ajudar no combate ao Aedes aegypti


A ocorrência do casos de Zika, dengue e chikungunya no país e de modo particular no Rio Grande do Norte, levou pesquisadores do Centro de Biociências da Universidade Federal do Rio Grande do Norte a buscarem alternativas para minimizar os problemas causados pelo Aedes aegypti. Como proposta, o grupo analisará as relações entre o inseto, ambiente, o vírus e humanos, além de testar extratos de plantas na mortalidade do inseto e, também, discutirá ações educativas voltadas ao esclarecimento da população.

O projeto Culicídeos e vírus Zika: Bioecologia, prevenção e controle do Aedes aegypti no Rio Grande do Norte – Ações integradas de pesquisa, ensino e extensão está entre os selecionados pelo Ministério da Saúde, na chamada pública para apoiar projetos de pesquisa no combate ao vírus Zika e no combate ao mosquito Aedes aegypti. 

Pleitos de Ezequiel Ferreira vão beneficiar regiões Central e Metropolitana


No segmento de suas ações parlamentares voltadas para melhorar a qualidade de vida da população e o desenvolvimento sócio econômico do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) protocolou proposituras que foram encaminhadas ao Executivo, para beneficiar municípios das regiões Metropolitana da capital e Central.

Entre os benefícios requeridos pelo deputado estão a implantação do programa Cartão Reforma, disponibilização de ambulância tipo UTI, perfuração e instalação de poço tubular em comunidade rural, conclusão de obras dos abatedouros públicos e implantação de sistema de vídeo monitoramento.

“A situação da segurança pública em Lajes, município que alcança hoje uma população de 11 mil 234 habitantes vem se agravando nos últimos meses, sendo registrado um crescente número de assaltos, arrombamentos, roubos e práticas criminosas das mais diversas modalidades. A segurança pública virou uma das principais preocupações para a população do município”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira para a solicitação que vez de um estudo de viabilidade técnica para implantação do sistema de vídeo monitoramento em Lajes.

Ainda para a região Central, o presidente do Legislativo estadual solicitou a conclusão das obras dos abatedouros públicos de Angicos e Ceará Mirim. Observou que a paralisação das construções está prejudicando as atividades do processamento de carnes naqueles municípios.
Também para beneficiar a população de Ceará Mirim, o deputado solicitou do governo do Estado disponibilizar uma ambulância UTI para atender a demanda do hospital do município, que não dispõe de um veículo desse tipo.

Já para Extremoz, Ezequiel Ferreira requereu a implantação do programa Cartão Reforma para beneficiar a população carente do município. O programa possibilita a reforma de imóveis que, comprovadamente, necessitam de reparos. Também na área habitacional solicitou o programa Moradia Cidadã Servidor e moradia Cidadão Municípios. Diante da necessidade de 50 famílias que moram em Pé do Galo, em Macaíba, outro município da região Metropolitana, o deputado requereu a perfuração e instalação de um poço tubular naquela comunidade rural. Com o atendimento dessa propositura, ficará resolvido o problema do abastecimento de água para os moradores daquela área. 

Unicef convida gestores municipais para o lançamento da nova edição do Selo Unicef e do Programa Fora da Escola não pode


O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com o Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Rio Grande do Norte, lançará na próxima terça-feira (27) às 09 horas da manhã, no auditório da EMATER no Centro Administrativo em Natal, a nova edição do Selo Unicef (2017-2020) e seu novo programa nacional: Fora da Escola Não Pode!

Este primeiro evento é destinado aos Prefeitos (as) e Secretários (as) de Assistência Social Potiguares, e segundo a representante do Unicef, Jane Santos, vários eventos como este, acontecerão em parceria com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte e de Colegiados e Conselhos de Políticas Públicas do estado, pois a intenção é mobilizar o maior número de gestores (as) possível.

Para o Presidente do COEGEMAS/RN, Francisco Touché, esta parceria do Unicef com o Colegiado vem de muito tempo, e mobilizar gestores(as) e prefeitos(as) para se inscreverem nas campanhas do Unicef, é muito gratificante, pois garante o compromisso dos municípios em defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes. Para saber mais sobre o Selo Unicef Município Aprovado e sobre o Programa Fora da Escola Não Pode! Basta acessar: www.selounicef.org

Frente Parlamentar da Agricultura Familiar se reúne nesta segunda-feira


A Frente Parlamentar da Apoio à Agricultura Familiar da Assembleia Legislativa, fórum que conta com a participação de legisladores estaduais e entidades ligadas ao setor com o objetivo de atuar em favor do desenvolvimento da atividade no Rio Grande do Norte, promove nova reunião nesta segunda-feira (26), às 9h, na sede da Emater, em Natal. A Frente da Agricultura é composta pelos deputados Souza (PHS), que preside o grupo, Fernando Mineiro (PT), George Soares (PR) e Gustavo Carvalho (PSDB).

“A Frente Parlamentar da Agricultura Familiar é um espaço para articularmos as ações dos diversos órgãos voltados para o setor e que visa promover a discussão, elaboração e aplicação de políticas públicas para o fomento da atividade agrícola no Estado, priorizando a agricultura familiar”, explica Souza.

A reunião vai deliberar a seguinte pauta: apresentação sobre a situação da agricultura familiar no RN, a ser conduzida por César Oliveira, membro da base do LabRural; explanação acerca das estratégias para levantamento de proposições da agenda política da Frente, por Cátia Lopes, diretora da Emater; exposição sobre energia eólica nos projetos de assentamentos do RN, a ser ministrada por José Augusto Silva, engenheiro agrônomo do Incra/RN; e apresentação sobre o programa Agro+, por Guilherme Saldanha, secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca. A Frente Parlamentar da Agricultura Familiar conta com a participação da Emater, Idiarn, Igarn, Incra, Seara, Idema, Agência de Fomento do RN, FETRAF-RN, MST, Sebrae, Senar, Femurn e Fecam.

MPRN divulga resultado de concurso público para servidores


 O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) divulgou nesta sexta-feira (23) o resultado do concurso público para ingresso ao quadro de servidores da instituição, realizado pela Comissão Permanentes do Vestibular (Comperve), da UFRN.

O concurso foi até então o mais concorrido já realizado pelo Ministério Público Estadual com 24.840 candidatos, sendo 23.902 inscritos para o cargo de nível médio e 938 inscritos para os cargos de nível superior.

A divulgação com a lista dos aprovados segue o cronograma do Edital, que previa o resultado do concurso até o final do mês de junho.

As provas foram aplicadas no início do último mês de maio e apesar da tentativa de fraude por quadrilha especializada, desbaratada pela Polícia Civil da Paraíba através da operação Gabarito, não houve prejuízo ao processo seletivo.

O certame é para o provimento de 32 cargos no quadro de pessoal efetivo, sendo 27 vagas para a função de Técnico do MPRN, três para Analista de Contabilidade e duas vagas para Analista de Engenharia Civil, incluídas as vagas destinadas às pessoas com deficiência.

O cargo de Analista é de nível superior e possui remuneração inicial de R$ 5.609,19 (incluído o vencimento, auxílio alimentação e auxílio saúde). Já o de Técnico é para cargo de nível médio, com remuneração inicial de R$ 4.472,71 (também incluídos vencimento mais benefícios).

Confira aqui a lista com o resultado.

Em Major Sales, recomendação do MP é que prefeito exonere parentes


No caso do Município de Major Sales, a promotora de Justiça da Comarca de Luís Gomes, Tatianne Sabrine de Lima Barbosa Brito, recomendou a exoneração dos servidores ocupantes dos cargos e funções relatadas que tenham relação de parentesco nas mesmas características já especificadas com o prefeito e outras autoridades nomeantes ou de servidor da mesma pessoa jurídica – investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento.

O prazo dado na recomendação foi de 15 dias úteis. Em caso de não acatamento às recomendações, o Ministério Público adotará as medidas legais necessárias a fim de assegurar a implementação.

Ministério Público recomenda exonerações contra nepotismo em Tangará e Major Sales


O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) quer que os prefeitos de Major Sales e de Tangará exonerem os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou gratificada que possam configurar nepotismo.

As Promotorias de Justiça das duas Comarcas recomendaram prazos para que os chefes do Executivo dos municípios desliguem da Prefeitura os servidores com parentesco cosanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com o próprio prefeito e demais gestores do Município.

Em Tangará, tio e sobrinho deverão ser exonerados pelo prefeito


Em Tangará, o promotor de Justiça Márcio Cardoso Santos recomendou nominalmente a exoneração dos servidores Roberto Alexandre Vicente da Silva e Ricardo Alexandre Vicente da Silva, que são tio e sobrinho.

A mesma recomendação ainda orienta que o prefeito efetue a rescisão dos contratos realizados por tempo determinado (para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público) de pessoas que sejam parentes até o terceiro grau em linha reta, colateral e por afinidade de quaisquer das pessoas ocupantes dos mesmos cargos descritos no Município (nepotismo) e demais Poderes (nepotismo cruzado).

Na mesma linha, o prefeito deverá rescindir os contratos em casos excepcionais de dispensa ou inexigibilidade de licitação, de pessoa jurídica cujos sócios ou empregados sejam parentes até o terceiro grau em linha reta, colateral e por afinidade de quaisquer das autoridades e gestores, do Município ou demais Poderes, caracterizando nepotismo ou nepotismo cruzado. O prazo recomendado pelo representante ministerial para todas as exonerações e rescisões contratuais foi de cinco dias.

O promotor de Justiça da Comarca de Tangará também quer que o prefeito se abstenha de fazer nomeações, contratações por tempo determinado, manter, aditar ou prorrogar contratos, em casos excepcionais de dispensa de pessoas cujo parentesco poderá ser enquadrado nas mesmas situações mencionadas de nepotismo ou nepotismo cruzado.

Presidente do STF, Cármem Lúcia, suspende decisões do TJ-RN sobre pagamento do funcionalismo estadual


A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, concedeu liminar para suspender decisões do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN) que determinavam o pagamento dos vencimentos dos servidores do estado até o último dia de cada mês. Segundo o entendimento adotado pela ministra na Suspensão de Segurança (SS) 5163, a gravidade “exponencial” da situação financeira e fiscal do estado justifica a adoção de medidas transitórias e excepcionais, como o fracionamento do pagamento dos servidores públicos.

A ministra verificou no caso a plausibilidade da alegação do governo do estado de que a manutenção das decisões questionadas colocam em risco a ordem e a economia públicas. Embora observando ser indiscutível que os vencimentos e proventos têm natureza alimentar, a ministra ressaltou, no entanto, que está evidenciada situação de colapso financeiro desencadeado pelo momento de turbulência econômica e acentuada frustração de receitas projetadas nas leis orçamentárias anuais. Tal situação, a seu ver, sinaliza a necessidade de adoção de esforço comum e coordenado para a superação do quadro.

Ezequiel propõe implantação de programas habitacionais no Litoral e Mato Grande


O déficit habitacional do Rio Grande do Norte é de 140 mil moradias, sendo que 80% dessa situação atinge o cidadão que está na faixa de até cinco salários mínimos. Para amenizar essa situação existem os programas Moradia Cidadã Servidor e Moradia Cidadã Municípios, do governo do Estado e o programa Cartão Reforma do governo Federal, voltados para combater esse déficit.

Preocupado com essa situação e atendendo solicitação da população carente, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) está solicitando a implantação desses programas em mais dois municípios de duas regiões distintas: Nísia Floresta, no Litoral Sul e Poço Branco na região Mato Grande.

“O Rio Grande do Norte é, proporcionalmente, o Estado com maior número de municípios com cadastro de famílias com interesse em programas habitacionais. O déficit habitacional que atinge todo o país é um dos principais problemas do nosso Estado, onde há cidades mais carentes que outras que precisam de uma atenção especial, como são os casos de Nísia Floresta e Poço Branco”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira na sua propositura encaminhada ao Governo do Estado.

Inscrições para estágio na Defensoria Pública do RN são encerradas; prova tem nova data


A Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN) encerrou, nesta sexta-feira (23), o prazo de inscrições do Edital do VII Teste Seletivo para estagiários destinado aos estudantes do curso de Bacharelado em Direito. A seleção registrou mais de 300 inscritos. As provas foram remarcadas e serão aplicadas no dia 06 de agosto nos endereços listados no site www.defensoria.rn.gov.br.

A seleção tem como objetivo a formação de cadastro de reserva para os Núcleos de Natal, Parnamirim, Assu, Ceará-Mirim e Nova Cruz. Serão convocados os candidatos com melhor índice nas provas, desde que estejam cursando o 3°, 4º ou 5º ano do curso de Direito, ou semestre equivalente. O estágio tem duração máxima de 02 anos e a bolsa mensal tem valor de R$ 937,00 e acréscimo de auxílio-transporte.

Durante as provas, serão exigidos dos candidatos conhecimentos em Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Penal, Direito Processual Penal, Legislação Institucional e Estatuto da Criança e do Adolescente. No VI Teste Seletivo realizado pela DPE/RN, mais de 150 estagiários do cadastro de reserva foram convocados.

Gestores planejam novo prédio da CEF no campus central da UFRN


Os trâmites legais e operacionais para a construção do novo prédio da Caixa Econômica Federal (CEF) no campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) foram discutidos no final da manhã desta sexta-feira, 23, entre a reitora da universidade, Ângela Maria Paiva Cruz, o superintendente Regional da instituição financeira, Carlos Antônio de Araújo, e o gerente geral da Agência CEF Campus, João Manoel dos Santos. 

Com estrutura moderna e em lado oposto ao espaço onde funciona a atual agência, o novo prédio da CEF será horizontal e permanecerá no Centro de Convivência. Além de facilitar a mobilidade, vai dispor de maior capacidade no estacionamento.

A CEF foi a primeira instituição financeira a se instalar dentro do espaço físico da UFRN. Começou a prestar serviços em 1974, numa pequena sala do então Centro de Ciências Exatas (CCE), atualmente Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET). Desde então, sua carteira de clientes cresceu e a instituição optou por abrir uma agência no Centro de Convivência da UFRN, onde permanece há mais de 20 anos.

O inquérito no STF contra Robinson Faria


A pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin, autorizou a abertura de inquérito contra o governador Robinson Faria (PSD). Ele foi citado nas delações de Alexandre José Lopes Barradas, Fernando Luiz Ayres da Cunha Reis, Benedicto Barbosa da Silva Júnior, Ariel Parente e José Antonio Pacífico Ferreira, executivos da Odebrecht. Segundo o Ministério Público, Robinson, ao lado da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciralini (PP), teria recebido R$ 350 mil em contribuições eleitorais em 2010 para facilitar a realização de PPPs (Parcerias Público-Privadas) da Odebrecht Ambiental no Estado. A intenção da empresa seria realizar obras de saneamento básico.

Além deles, o deputado federal Fábio Faria teria recebido doação de R$ 100 mil da empresa. Fabio Faria é filho do governador. Nas discussões da Odebrecht, eles tinham os codinomes de “Bonitão” e “Bonitinho”. Essa semana a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, disse à Agência Brasil que as novas denúncias contra governadores que chegarem ao tribunal não ficarão paradas na Corte Especial – instância responsável por apreciar as acusações de crimes comuns atribuídos a chefes dos executivos estaduais. Além de Robinson, atualmente, pelo menos 13 pedidos de investigação contra oito governadores já foram convertidos em ação penal e aguardam decisão da Corte Especial.

Após delação premiada, empresário ligado ao PMDB potiguar consegue liberdade


Fred, aqui ao lado da esposa Érika Nési e de Henrique Alves e Laurita Arruda

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte (JFRN) concedeu liberdade ao empresário Fred Queiroz,ex-secretário do prefeito Carlos Eduardo Alves e suspeito de integrar uma organização criminosa para pagar propinas com o objetivo de comprar apoios políticos na campanha de 2014 do ex-ministro Henrique Eduardo Alves, que continua preso na Academia de Polícia Militar, no Tirol.

O relaxamento da prisão de Fred Queiroz foi assinado pelo juiz Francisco Eduardo Guimarães, titular da 14ª Vara Federal no Rio Grande do Norte, o mesmo que expediu o mandato de prisão temporária expedido no dia 6 de junho, durante a Operação Manus. Após ser solto, Fred vai precisar cumprir uma série de determinações. Caso contrário, ele volta para a ser preso.Entre as medidas estão a proibição de entrar no diretório do PMDB, a proibição de manter contato com outros investigados e com filiados do partido que possuam mandatos eletivos e a obrigação de se apresentar mensalmente na 14ª Vara para prestar informações das atividades.

Rio Grande do Norte volta a suavizar corte de vagas


O mercado de trabalho do Rio Grande do Norte registrou saldo negativo no emprego com carteira assinada em maio, pelo oitavo mês seguido, segundo dados do Caged/MTE. Do balanço entre admissões e desligamentos, resultou um saldo negativo de 202 vagas no mês, fazendo o contingente de empregados recuar 0,05%. Tendência oposta foi observada na região Nordeste, que abriu 372 postos de trabalho (0,01%), e no conjunto do Brasil, que gerou 34.253 empregos (0,09%).

É importante ressaltar que o volume total de vagas cortadas em maio foi inferior ao de abril (- 921) e ao de maio de 2016 (-2.100 vagas). Dessa maneira, a tendência de suavização de cortes que vinha ocorrendo desde janeiro, e interrompida em abril, foi retomada, reforçando a hipótese de recuperação da economia.

No conjunto do país, o melhor desempenho do mês ficou a cargo da Agropecuária (46.049 vagas), puxado pelas contratações nas lavouras de café, laranja e cana-de-açúcar. Os principais destaques positivos foram Minas Gerais e São Paulo, enquanto os negativos ficaram a cargo do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro.

Empresários potiguares mostram confiança pelo segundo mês seguido


O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do Rio Grande do Norte avançou de 52,3 para 52,6 pontos na passagem de abril para maio, mostrando que os empresários potiguares estão confiantes pelo segundo mês consecutivo. No entanto, o ICEI continua impulsionado pelas expectativas otimistas, principalmente das médias e grandes indústrias.

Em contrapartida, o conjunto dos empresários consideraram piores as condições atuais da economia nacional, do estado e da própria empresa. Registre-se que a confiança aumentou no segmento de Indústrias Extrativas e de Transformação, enquanto que na Construção a falta de confiança aumentou. As indústrias de menor porte (com menos de 50 empregados) estão apenas menos pessimistas. Em matéria de confiança, o Rio Grande do Norte acompanhou a tendência nacional, com exceção da Indústria da Construção, em que os empresários do conjunto do país se mostraram confiantes (ICEI igual 53,7 pontos).

Diabetes Mellitus é tema de pesquisa inovadora na UFRN


Diabetes Mellitus (DM) é uma doença metabólica que indica elevados índices de glicose no sangue. Segundo a Federação Internacional de Diabetes (IDF, 2015), ela se constitui uma epidemia de alcance global com 415 milhões de indivíduos acometidos. Estimativas recentes projetam que esse número possa chegar a cerca de 642 milhões de pacientes em 2040.

Foi publicado na revista científica Cardiovascular Pathology um estudo que investiga a ação do exercício físico como tratamento da diabetes. A pesquisa foi coordenada pelo professor Bento João Abreu, que atua no Departamento de Morfologia (DMOR) do Centro de Biociências (CB) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), e realizada pelo professor Flávio Santos Silva, do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA).

A Diabetes está associada a diversas condições clínicas resultantes de alterações micro e macrovasculares. Suas classificações principais são DM do tipo 1, quando o pâncreas do paciente deixa de produzir insulina (hormônio responsável pela captação de glicose na corrente sanguínea) e DM do tipo 2, quando as células do corpo se mostram resistentes à ação da insulina que também está em falta.  Juntamente com a dieta e a administração da insulina, uma das estratégias de tratamento da doença é o exercício físico. Apesar de evidências demonstrarem benefícios diversos para o paciente, pouco se sabe sobre os efeitos do exercício na estrutura do coração e na expressão de genes ligados à morfologia cardíaca na diabetes.

Feira do Milho segue até dia 1º na Central da Agricultura Familiar


A Feira do Milho da Central de Comercialização da Agricultura Familiar segue até o próximo dia 1º de julho no cruzamento da Rua Jaguarari e Avenida Capitão Mor Gouveia, em Natal. Até agora foram comercializadas 600 mil unidades de milho a um preço médio de R$ 0,60, o que representa um faturamento de R$ 360 mil. A procura se intensificou nos últimos dias e deve permanecer em alta até o próximo dia 29, quando é comemorado o São Pedro.

Os comerciantes têm chegado às 5h e saído por volta das 23h para atender a demanda. Segundo a Cooperativa Central da Agricultura Familiar do RN (Cooafarn), administradora da Central, o local tem recebido uma média de 30 mil a 50 mil unidades de milho por dia. Mas nos dias que antecedem festividades como o São João e São Pedro, esse número se multiplica. Entre quinta (22) e hoje foram vendidas 200 mil espigas. A feira segue até o próximo dia 1º e funciona de domingo a domingo, a partir das 5h até a noite.

Recomendação quer garantir atendimento médico em Santo Antônio


Uma recomendação expedida nesta sexta-feira (23) pela Promotoria de Justiça de Santo Antônio cobra do município a responsabilidade pelo atendimento médico de média complexidade. A atuação do Ministério Público foi motivada por diversos relatos de pacientes que tiveram suas demandas de atendimento negadas na rede de saúde municipal. No entanto, a legislação específica determina que os procedimentos de média complexidade devem ser prestados pelos municípios.

Pela recomendação, a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde devem assumir gestão plena da saúde no seu território, prestando diretamente o atendimento ou, caso não disponha de estrutura adequada, pactuar com outros municípios ou com o Estado formas de garantir o acesso aos pacientes, por meio do “Programação Pactuada e Integrada” (PPI).

O atendimento de média complexidade tem o objetivo de atender os principais agravos da saúde da população, com procedimentos e atendimento especializado, traduzindo serviços como consultas hospitalares e ambulatoriais, exames e alguns procedimentos cirúrgicos, sendo constituída por procedimentos ambulatoriais e hospitalares situados entre a atenção básica e a alta complexidade.

Confira aqui a íntegra a Recomendação.

Sethas-RN realiza capacitação do CadRN para 42 municípios


A Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN) realiza, de 26 de junho a 12 de julho, as oficinas de capacitação para implantação da plataforma Virtual Cadastro Único do RN (CadRN). As oficinas serão realizadas na Escola de Governo. Inicialmente, as oficinas serão direcionadas para os 42 municípios habilitados a receberem o Cofinanciamento Estadual de Média Complexidade. Poderão participar os gestores municipais da Assistência Social, os coordenadores dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS e CREAS) e presidentes de conselhos municipais.

No mês de agosto as oficinas irão contemplar os demais municípios que aderiram ao termo de cooperação para utilização do sistema. O CaDRN é um sistema de informações do perfil populacional do Rio Grande do Norte criado por técnicos do Governo do Estado. A ferramenta permite aos profissionais da assistência social ter acesso a dados como população sem acesso a água, habitação, coleta de lixo, nível de pobreza e de alfabetização, dentre outros.  Os dados do CadRN são extraídos do Cadastro Único do Governo Federal, o mesmo que serve de base para o Bolsa Família, por exemplo. No entanto, diferente deste último, ele poderá ser acessado por uma gama mais ampla de profissionais que precisam de dados para implementação de políticas públicas.