Marcos Dantas

Caicó

Furiosa Frevo Orquestra estará na Praça do Coreto e em pontos estratégicos, no carnaval de Caicó


Agregando valor ao Carnaval de Caicó, levando arte de qualidade aos filhos da terra e visitantes, e fortalecendo a cultura do município, Caicó ganha mais um forte grupo musical:  a Furiosa Frevo Orquestra, formada por músicos da Banda de Música Recreio Caicoense, que conta com 110 anos de história.

Durante o Carnaval, a orquestra irá se apresentar todos os dias na conhecida “Praça do Coreto”, antes da passagem do Bloco do Magão, fazendo a concentração dos foliões com o Projeto “Frevo na Praça”.

A Furiosa Frevo Orquestra também vai levar o frevo e marchinhas carnavalescas para a Troça da Serpente do Poço de Sant’Ana, no sábado de carnaval pela manhã; e fazer outras apresentações privadas e públicas, inclusive, na Rodoviária e em outros pontos estratégicos; recepcionando visitantes e vivenciando com a população o clima de alegria do 3º maior carnaval do Nordeste.

Nos dias 04, 11 e 18 de Fevereiro haverá “Ensaios Abertos”, às 19h30, na Praça de Alimentação, Praça do Coreto e Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana.

A Orquestra permanece ensaiando a todo vapor, para fazer um Carnaval com qualidade musical e muita alegria. O grupo também faz apresentações particulares (além de contarem com um ótimo plano de mídia, para divulgação de parcerias). Quem tiver interesse, é só ligar para o contato: (84) 9 9607-4414 – Bruno.

Caicó iniciará mapeamento de geossítios para incrementar turismo


Uma parceria entre o município e a UFRN possibilitará o mapeamento e a inventariação dos geossítios de Caicó. O secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico e Turismo, José da Paz Dantas (Paizito), esteve discutindo o projeto em uma reunião com os geógrafos Marcus Túlio e Fernanda Medeiros, no LAGGEF (Laboratório de Geoprocessamento e Geografia Física) – CERES/UFRN.

Segundo Paizito, “a partir dessa ação passamos a descobrir o potencial e incluir mais esse segmento no roteiro turístico caicoense. O geoturismo vem ganhando força na região e Caicó não pode ficar de fora”.

Dom Antônio Carlos: “Enquanto o Governo anuncia construção de novos presídios, reduz investimentos no Social”


Em entrevista ao Sistema Rural de Comunicação, o bispo da Diocese de Caicó, Dom Antônio Carlos comentou os últimos acontecimentos envolvendo o sistema prisional do Rio Grande do Norte, com destaque para registros de rebeliões nos presídios de Alcaçuz, em Nísia Floresta e no Pereirão em Caicó. A entrevista foi concedida neste final de semana aos radialistas Marcos Dantas e Joelma de Souza, na cidade de Parelhas.

Na entrevista, o religioso não escondeu a gravidade do momento em que o Brasil, e o nosso Estado enfrentam, mas defendeu que a sociedade não pode perder a esperança de que a crise será vencida. Dom Antônio também criticou a redução de investimentos na Educação e em outras áreas sociais, enquanto se anuncia a construção de novos presídios.

Como a Igreja do Seridó tem encarado essa crise no sistema penitenciário?
Dom Antônio Carlos – Isso é apenas um aspecto de todo o conflito que vem acontecendo no sistema prisional brasileiro… De fato, por um lado estamos com estas facções que estão agindo como um estado paralelo, disputando forças entre si, e por outo um Estado muito fragilizado como o nosso, com as grandes instituições vivendo crises econômica, política e ética, e agora temos esse acidente com o ministro Teori, que era o relator da Lava Jato, e se esperava que até fevereiro ou março se desenrolasse alguma coisa, e não sabemos como vai ficar. Mas eu acho que cabe a nós cristãos, olharmos para essas realidades difíceis, sempre com um olhar de esperança e de amor.

Muitos tem falhado nessa guerra contra o crime organizado? A instituição Família também tem a sua parcela de culpa?
Nós vivemos uma época de mudança. A Família passa por transformações. O documento Alegria do Amor, do Papa Francisco ele descreve a realidade familiar, a beleza do que é uma Família, mas também esses momentos de fragilidade. Com certeza, a Família também tem uma resposta diante desta situação, mas não só, porque hoje a pessoa não é formada apenas pela Família. Os meios de comunicação também formam, e as vezes formam mais do que a própria escola. Nós vamos encontrar pessoas que vieram de Família, relativamente estruturada e que também caem no mundo das drogas. Então, não necessariamente podemos dizer que alguém entrou no mundo das drogas porque veio de uma família desestruturada. Eu trabalhei em periferias, na Cidade de Deus, na Baixada Fluminense e nós víamos muitas famílias pobres, até com momentos delicados, e que depois é que entraram. Por outro lado, trabalhei em cidades de classe média, como Pirassununga, pessoas de famílias relativamente estruturadas, com certo poder aquisitivo e que também entram. O grande problemas é que a gente tem um olhar parcial, por exemplo, a gente vê o traficante, mas a pergunta é, quem consome a droga? Será que aquela pessoa que consome a droga, nas diversas camadas sociais, porque a droga não é consumida apenas nas camadas mais pobres, tem consciência de que a droga que ele consome, está gerando esse mercado de violência? Estamos diante de um momento de saturação, e esse momento de saturação vai possibilitar a gente encontrar uma saída. Nós que somos pessoas de Fé, precisamos rezar muito para que Deus possa nos dar um bom discernimento, mas eu não acho que estamos caminhando para um abismo, estamos em uma crise, e toda crise, ela por um lado é um risco da gente se perder, mas ela é também uma oportunidade de mudança e de crescimento.

Qual é a mensagem que a Igreja tenta passar para os seus fiéis?
Eu acho que não devemos negar a realidade, ela está aí, mas olhar a realidade com um olhar de esperança e de misericórdia. Ano passado eu fiz visitas ao Pereirão e ao três Centros de detenções provisórias, Parelhas, Jucurutu e Currais Novos. Confesso que dos três centros, o que mais me pareceu em caráter desumano, pelo menos naquele momento era o de Parelhas, como uma superlotação. E a pergunta que me fazia era, como alguém naquele ambiente conseguia se recuperar. Você pega uma gaiola, se você coloca muitas periquitos daqui a pouco eles estão se bicando, detona o processo da agressividade. Não estou dizendo que essas pessoas tem que ser tratadas com caviar, e nem serem premiadas, mas não podemos esquecer que a função do sistema prisional, se por um lado é punir a pessoa que errou, ao mesmo tempo é socializá-la, e como alguém pode recuperar em um ambiente daquele?  Olhando o sistema prisional todo na mão das facções, as vezes alguém que entra ali e não pertence a nenhuma facção, ou ele entra nela ou é morto. Esses lugares se tornam escolas de crime. Nós não temos essa possibilidade aqui no Brasil ainda, de no sistema prisional a gente separar o detento de alta, de média e de baixa periculosidade. A gente joga todo mundo no mesmo ambiente, e só vai criando essa situação. Porque não conseguimos ainda controlar essa entrada de celulares nos presídios? Como é que dentro dos presídios os celulares funcionam melhor do que fora deles? A quem interessa essas coisas não funcionarem? Quem é que está ganhando com isso? Quem é que lucra com o narcotráfico. Eu não acredito que apenas os que estão dentro dos presídios é quem lucra com isso.

Esse sentimento de ódio que começa a tomar conta da sociedade, onde muitos já adotam o discurso de Justiça com as próprias mãos, apenas agrava a situação?
A massa funciona como ela é manipulada. A massa manipulada preferiu Barrabas à Jesus. Veja, por exemplo, o jogo manipulatório de alguns meios de comunicação social, no caso do Impeachment da presidenta e agora esse cenário que está aí. Não era para resolver? E parece que o cenário ficou mais delicado. E a gente está vendo outras coisas que estavam por tras do impeachment. Nesta hora é muito fácil, quando apresenta o Pereirão todo quebrado, a comida estragada com urina e fezes, essa imagem choca a população, e a tendência da população é que esse pessoal tem que ser muito castigado. Claro, é que normalmente os nossos filhos não estão la dentro. Perguntam as mães daqueles filhos que estão lá dentro o que elas pensam. Perguntem a esta mãe de Currais Novos, que perdeu seu filho na última rebelião no Pereirão o que ela pensa disso. É um olhar diferente. É muito fácil a gente ser frio quando a situação não é conosco, e acontece na casa do vizinho. O pessoal que vive um clima de total brutalidade, que já perdeu toda a noção de limite. A mesma sociedade que defende que é proibido proibir, agora estamos vendo onde podemos chegar quando os limites não são respeitados.

O Governo anuncia a construção de novos presídios, mas não apresenta o plano eficiente de recuperação destes detentos, até como forma da situação não fugir do controle…
Mas já está fora do controle há muito tempo. Eu acho que nós temos que pensar nesses que chegaram a esse ponto, mas temos que combater as causas. Ao mesmo tempo em que querem construir presídios, mas com a PEC 55 está se reduzindo os investimentos no social, aumentando a miséria, a falta de oportunidade para os jovens. Você combate crime com Educação, com oportunidade, com valores e princípios. Quais são os valores e princípios que as nossas novelas, os nossos filmes, os nossos programas defendem? Estamos colhendo o que plantamos.

Caicó zera segunda parcela do FPM


Caicó zera, pela segunda vez neste mês de Janeiro a parcela do Fundo de Participação dos Municípios. Todo o valor de 451 mil, 987 reais e 90 centavos de crédito da segunda parcela, foi deduzido em retenções da Previdência Social, PASEP, FUNDEB, dentre outras obrigações.

Até agora o Município de Caico viu entrar em seus cofres a quantia de 1 milhão, 476 mil, 445 reais e 99 centavos de FPM, e todo esse valor ser descontado já na fonte.

Leleu Fontes diz que homenagem ao ex-prefeito Dr. Chiquinho não é demérito


Autor do projeto que homenageia ao ex-prefeito de Caicó, Francisco de Assis Medeiros, o Dr. Chiquinho ou “Burra Cega”, como ficou ele conhecido na política potiguar, o ex-vereador Leleu Fontes prestou alguns esclarecimentos diante do projeto sancionado pelo então prefeito Roberto Germano.

Trata-se do meu Projeto de Lei denominando o coreto da Praça Senador Dinarte Mariz, no Centro, de Francisco de Assis Medeiros. Sugerimos uma ilustração com a fixação de um monumento, que revela o significado do apelido do homenageado”, disse o ex-vereador referindo-se ao apelido adquirido na disputa para prefeito do município: “Burra Cega”.

Leleu discorda do historiador Janduhi Medeiros, que taxou o projeto de “ato de mau gosto”. “A nossa intenção foi de prestar essa homenagem, além de ser justa e merecida, vai eternizar Dr. Chiquinho, que no seu livro ‘Narrativas Seridoenses’, lembra-se do fato e com muita satisfação justifica porque o apelidaram de Burra Cega”, destacou.

Segundo Fontes, não houve demérito nenhum e muito menos desrespeito ao homenageado, seus familiares e amigos. “Ao contrário, onde quer que ele esteja [Dr. Chiquinho], está agradecido pelo o que eu fiz, era o desejo dele, finalizar sua obra na vida terrena deixando viva nas mentes e corações dos caicoenses o seu legado, para isto, precisaria que esse fato inusitado, aparentemente engraçado, sobretudo, marcante e decisivo para que sua carreira politica fosse sempre lembrada”.

E mais um detalhe que, segundo Leleu, Jandhui Medeiros não sabe: “Dr. Chiquinho tinha orgulho e satisfação quando alguém o chamava de Burra Cega. Nunca se ouviu falar que Dr. Chiquinho em algum momento tivesse ficado aborrecido ou ofendido. A prova maior foi numa sessão de autógrafos de uma das suas últimas obras, quando fui prestigiá-lo, e numa conversa informal perguntei ao ex-prefeito porque esse apelido. Ele fixou seus olhos nos meus e pegou fortemente no meu braço e disse ‘a sua pergunta me deixou profundamente emocionado, responderei sim’”.

Disse o ex-prefeito: “Alguns amigos, correligionários e populares, encontraram um animal vagando pela a cidade, mesmo com a deficiência visual, colocaram o burra na parte superior do coreto e no entorno do logradouro público, centenas de pessoas atônitos viam aquela cena não muito comum e se perguntavam, como aquele pobre animal teria subido ali? Foi quando alguém me chamou para ver a cena. Logo imaginei que fosse uma brincadeira e não iria jamais permitir que o animal viesse a sofrer algum tipo de maus tratos, preocupado e sobre os olhares perplexo dos curiosos tive a iniciativa juntamente com amigos mais próximos, providenciar tirar o burro daquele lugar, conseguimos imobiliza-lo e colocar em terra firme, mas antes as pessoas presentes,  contagiados e num comportamento de histeria começaram a gritar ‘burra cega, burra cega, burra cega’. Ninguém se conteve mais e ecoava por todos os lugares da cidade, daí surgiu o meu apelido. Uma jogada de marketing muito criativa, eficiente e devastadora para os nossos adversários, que ficaram acuados com a repercussão do fato e a partir daquele momento, tornei-me um candidato popular com potencialidade de vencer as eleições. Realmente o resultado final foi ‘Burra Cega’ eleito prefeito de Caicó”, relatou o ex-vereador e autor da homenagem.

Em parceria com caicoenses, Adonis Antônio pode lançar bloco de rua para o Carnaval de Caicó


O empresário parelhense Adonis Antônio poderá se juntar a outros empresários de Caicó, e lançar um novo bloco de rua para o Carnaval de Caicó deste ano. O próprio Adonis confirmou ao Blog do Marcos Dantas já ter se reunido com pelo menos um empresário caicoense, e a idéia está bem adiantada.

Além de termos parceiros, tenho bandas, trio e outras estruturas que deixariam o projeto bem mais em conta”, disse. O empresário, dono do Grupo Feras, não deu maiores detalhes do projeto.

Nomeação de secretário de Finanças de Caicó foi feita 20 dias depois de sua posse


Apesar de já estar no batente desde o dia 02 de Janeiro, o auditor fiscal Marcos Airton Ramos Xavier teve a sua nomeação como secretário de Tributação e Finanças de Caicó, oficializada apenas no dia 20 deste mês. Pelo menos foi a data em que sua portaria foi publicada pelo prefeito Robson Araújo.

 “Não acredito que Batata retirará Caicó do Consórcio de Resíduos Sólidos”, diz presidente


Durante sua participação no Mesa Redonda deste sábado (21), na Rural AM de Parelhas, o presidente do Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó, prefeito Luciano Santos (Lagoa Nova), disse não acreditar que o prefeito de Caicó, Batata Araújo (PSDB) retire sua cidade do Consorcio, como chegou a prometer após ter perdido as eleições para a presidência do Consórcio.

Acho que ele falou mais pelo calor do momento, e espero e não acredito que ele retire Caicó do Consórcio, já que será o município mais beneficiado com o projeto, a começar pelo recolhimento de ISS”, disse Luciano. Caicó sediará o Aterro Sanitário, recebendo toneladas de lixos diariamente de todos os municípios do Seridó.

CAPS de Caicó receberá quase 500 mil reais do Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde conseguiu liberar R$ 80,2 milhões ao estado do Rio Grande do Norte. Parte desses recursos, R$ 63,7 milhões, referentes a emendas parlamentares, e R$ 16,5 mi para custeio de 63 serviços de saúde que estavam em funcionamento sem a contrapartida federal.

Destes recursos, quase 500 mil reais serão destinados para o CAPS de Caicó. Em valores exatos, o investimento na capital seridoense será de R$ 477.360,00.

Caicó está na lista dos municípios que receberão reforço das Forças Armadas


As tropas que participam da operação são compostas por militares da região nordeste (Ceará, Pernambuco, Bahia e Piauí). O Exército está no controle operacional dos órgãos de Segurança Pública do estado.

Os grupos atuarão em conjunto com as Policiais Militar e Civil do Rio Grande do Norte. De acordo com o governo estadual, ocorreram conflitos nas cidades de Natal, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará-Mirim, João Câmara, Macau, Caicó, Touros e Maxaranguape.

Familiares e amigos não concordam com busto em forma de animal para homenagear ex-prefeito de Caicó


Uma Lei sancionada pelo então prefeito Roberto Germano vem causando polêmica. Roberto, antes de concluir o mandato sancionou projeto de lei, que denomina de Francisco de Assis Medeiros “Burra Cega”, o coreto localizado na Praça Senador Dinarte Mariz, no centro de Caicó.

Até aí, nada mais do que uma justa homenagem. O problema está no artigo 2º da Lei 4.915, de 20 de dezembro de 2016, quando diz que “na parte superior da estrutura física a que se refere o artigo 1o desta Lei, deverá ser fixado um monumento confeccionado em material de bronze, fibra ou outro do gênero no formato de uma burra”.

Para o escritor seridoense Janduhi Medeiros, homenagear Dr. Chiquinho com um busto em formato de uma burra, como uma representação de sua imagem esculpida em bronze no formato de uma jumenta, na verdade, é um ato de mau gosto, de pequena intelectualidade, que não representa a importância do homenageado.

Fica uma sensação de falta de respeito à sua memória. Conversando com familiares, percebi o desgosto, lágrimas e ingratidão, ou seja, desta forma a família repudia a desastrosa homenagem. Diante disso, convoco os amigos, familiares e as pessoas de bom senso para rejeitarem a homenagem feita ao ilustre filho da cidade, por ser de mau gosto e não atender a tradição de elegância que o povo da Senhora Sant’Ana tem por seus filhos”, escreveu Janduhi.

Confira a cópia da Lei sancionada

Gabinete de Gestão Integrada é oficializado em Caicó


Através de decreto o prefeito Batata Araújo (PSDB) criou o Gabinete de Gestão Integrada do Município de Caicó. O órgão é vinculado ao seu próprio gabinete, e dentre outras atribuições, terá a de promover a articulação conjunta das diversas estratégias de prevenção da violência no município.

O GGI-M terá o prefeito como presidente, e será composto por representantes, titulares e suplentes dos seguintes órgãos: Gabinete do Prefeito Municipal; Secretaria Municipal de Planejamento e Articulação Institucional; Secretaria Municipal de Trabalho Habitação e Assistência Social; Secretaria Municipal de Educação; Secretaria Municipal de Saúde; Defesa Civil; Ministério Público Estadual; Polícia Civil; Polícia Militar; Bombeiro Militar; Instituto Técnico de Polícia Científica – ITEP; Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega; Defensoria Pública Estadual; Justiça Estadual; Ministério Público Federal; Polícia Rodoviária Federal e Justiça Federal.

Caern passa a suspender fornecimento de água nos finais de semana em Caicó


A partir deste sábado (21), o fornecimento de água passa a ser suspenso durante os fins de semana em Caicó. Para o rodízio que terá início efetivo na segunda-feira (23), a cidade será dividida em duas partes. A primeira parte, composta pelas zonas Leste e Norte da cidade, receberá água a partir das 5h da manhã e terão abastecimento até a sexta-feira (27).

Na segunda-feira (30), a segunda parte, formada pelos bairros das Oeste e Sul, será abastecida. O fornecimento também será durante toda a semana, sendo suspenso na sexta-feira (03). Na semana seguinte, volta a ser abastecida a primeira parte e assim sucessivamente. O bairro do centro será o único a ter o abastecimento toda semana, uma vez que não há como liberar água para as outras regiões sem abastecer o centro.

Secretaria de Educação realiza Jornada Pedagógica em Caicó


A secretaria municipal de Educação, Cultura e Esportes vai realizar a Jornada Pedagógica 2017. A abertura será no dia 31 de janeiro, às 7h30, no Centro Administrativo, com a presença dos gestores e supervisores. O evento prossegue nos dias 01, 06, 07 e 08 de fevereiro. No dia 06 de fevereiro, a Jornada será realizada na UFRN, a partir das 7h30 para os gestores e supervisores. 

Nos dias 06, 07 e 08 de fevereiro, as atividades acontecerão nas escolas no período da tarde, sob a coordenação dos supervisores e diretores, conforme as orientações encaminhadas pela secretaria de Educação. A Jornada Pedagógica tem o objetivo de discutir a Excelência na Educação, avaliando caminhos e propondo a construção de novos.

“Pautada numa proposta de gestão transparente e participativa numa perspectiva de reordenamento e gerenciamento com vistas a um funcionamento pedagógico e financeiro estruturado, contamos com a compreensão e colaboração de todos na articulação das ações para tornar a nossa educação, de fato, de excelência”, disse a secretária municipal de Educação, Lúcia Gregório.

Major Costa retorna ao comando do Batalhão de Caicó


O Major Walmary Costa é o novo comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar de Caicó. Costa estava a frente do comando da PM de Mossoró, e substituirá o também Major Nitoildo Dantas que ficou em seu lugar, quando foi transferido para a região Oeste.

Prefeitura abrirá sindicância para apurar venda ilegal de túmulos em cemitério de Caicó


O prefeito Batata garantiu ao Blog do Marcos Dantas ter autorizado, imediatamente a abertura de uma sindicância para apurar a venda ilegal de túmulos, no cemitério São Vicente de Paula, em Caicó.

Batata disse ter sido procurado por uma pessoa da Zona Rural que garantiu ter pago 1.200 reais por um túmulo no local. Além de garantir que o Município ressarcirá o prejuízo da vitima, disse que o esquema será investigado e os responsáveis penalizados. O prefeito aproveitou para orientar que ninguém pague qualquer quantia por túmulos, e denunciem a ilegalidade.

Cessão de Marcos Airton para a Prefeitura de Caicó foi publicada no Diário Oficial


Somente na edição do Diário oficial desta sexta-feira (20) foi publicada a cessão do auditor fiscal Marcos Airton Ramos Xavier, para os quadros do Município de Caicó. Marcos Airton responde desde 01 de Janeiro pela Secretaria de Tributação e Finanças do Município. A portaria datada de 19 de Janeiro foi assinada pelo governador Robinson Faria.

Clube do Fusca é recebido com café da manhã nas novas instalações da Newtec Motors em Caicó


Nesta sexta-feira, dia 20 a Newtec Motors, concessionaria que já está em suas novas instalações em Caicó recebeu a visita dos amantes do Clube do Fusca. O passeio também fez parte das comemorações do Dia Nacional do Fusca.

O grupo foi recebido por um café da manhã, ofertado pelos proprietários do empreendimento, e ainda conheceu as novas instalações, que funciona na Avenida Coronel Martiniano, 3948, no bairro Itans, as margens da BR-427 em Caicó.

Com discurso de cortar gastos, Prefeitura de Caicó quer transferir alunos de Escola da Barra da Espingarda para a cidade


Em reunião na última quarta-feira (18), a secretária de Educação de Caicó, Lúcia Gregório propôs aos pais de alunos da Escola Municipal Severino Paulino de Souza, transferir todos os 25 alunos do turno vespertino para a Escola Municipal Severina Abigail, no bairro Itans na sede da cidade.

A proposta revoltou a comunidade, que não aceita o que eles defendem como o início de um desmonte na estrutura da escola, uma das poucas que ainda funciona na Zona Rural de Caicó. Lúcia Gregório estava acompanhada de sua adjunta e de assessores jurídicos da secretaria, e foi categórica ao usar discursos de que o remanejamento de alunos seria necessário, para cortar gastos, como forma de cumprir a folha de pagamento.

Na Escola da Barra da Espingarda funcionam atualmente dois turnos, com 53 alunos no matutino e 25 no vespertino, uma quantidade bem superior à de muitas outras escolas que permanecerão funcionando em comunidades rurais, com até 8 alunos.

Um abaixo-assinado já foi iniciado pela Associação Comunitária da comunidade, que promete “bater o pé” e não aceitar o remanejamento. “Já vimos esse filme antes, quando uma escola é fechada, ou tem seu funcionamento reduzido, dificilmente ela volta a ser como era antes. Porque sacrificar a Zona Rural, se o gestor pode cortar gastos em tantas outras áreas?”, indagou Ana Aline, presidente do Sindicato Rural ao Blog do Marcos Dantas.

Escola Multicampi inscreve para Residência Médica até domingo


A Escola Multicampi de Ciências Médicas (EMCM) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas, até 22 de janeiro, para processo seletivo referente aos Programas de Residência Médica sediados nos campi de Caicó e Currais Novos. A seleção ocorre de forma integrada ao mestrado profissional de Educação, Trabalho e Inovação em Medicina.

São oferecidas 18 vagas, distribuídas nos programas de acesso direto para Cirurgia Geral (campus Currais Novos), Clínica Médica (Caicó) e Medicina de Família e Comunidade (Caicó e Currais Novos). As inscrições são realizadas via Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (Sigaa) com o preenchimento de formulário. O edital do processo seletivo também está disponível no Sigaa.

A seleção será realizada em etapa única, com caráter eliminatório e classificatório, por meio de prova objetiva, aplicada no próximo dia 29. Em relação aos demais prazos, a divulgação das inscrições validadas acontece a partir do dia 23. Já os locais de prova serão divulgados no próximo dia 26 e o resultado final da seleção está previsto para 3 de fevereiro deste ano.