Vereadores explicam porque votaram contra projeto de autoria do vereador Braz Brito em São João do Sabugi: “Lei Orgânica já prevê tal ferramenta como método de escolha de diretores e vices”, diz nota

Em nota enviada ao Blog do Marcos Dantas os vereadores de São João do Sabugi, Aprígio Neto, Wilson Júnior, Quintino Liberalino, André Luiz e Isaías José esclareceram que não foram contrários a democratização da gestão escolar, haja visto que o Art. 147 da Lei Orgânica do município já prevê tal ferramenta como método de escolha de diretores e vice-diretores.

Fomos contrários ao projeto de lei em questão que estabelecia os critérios e diretrizes para tais eleições. Uma vez que o Art. 147 da referida lei já estabelece que o responsável por tais critérios e diretrizes será o Conselho Municipal de Educação. Essas diretrizes em nossa opinião devem ser definidas pela comunidade escolar junto ao Conselho municipal de educação e não impostas pela Câmara Municipal de vereadores sem que tenha existido sequer um debate junto as partes interessadas”, explicou a nota.

Clique aqui e veja a Lei Orgânica do Município