Tem que vender essa porra logo, diz Guedes sobre Banco do Brasil

Em reunião ministerial, o ministro Paulo Guedes (Economia) defendeu que o governo privatize o Banco do Brasil, instituição que julgou estar pronta para ser vendida para a iniciativa privada. A defesa sofreu resistência por parte do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que defendeu que só se fale em venda da instituição após 2023, ou seja, depois das próximas eleições presidenciais.O destaque é da Folha de S. Paulo.

“É um caso pronto e a gente não tá dando esse passo. Senhor já notou que o BNDES e a Caixa que são nossos, públicos, a gente faz o que a gente quer. Banco do Brasil a gente não consegue fazer nada e tem um liberal lá. Então tem que vender essa porra logo”, afirmou Guedes em reunião ministerial do dia 22 de abril. A fala consta em vídeo gravado pelo Palácio do Planalto e tornado público nesta sexta-feira (22).

Ministro disse em reunião ministerial que banco está pronto para ser privatizado; Bolsonaro defende que isso só ocorra após 2022