Suposto sumiço de uma dose da Coronavac em Serra Negra do Norte será investigado por sindicância

O prefeito de Serra Negra do Norte, Sérgio Fernandes de Medeiros instaurou uma sindicância administrativa para apurar o suposto desaparecimento de uma dose da vacina Coronavac, no Centro de Saúde Sueli Lucena de Araújo, em janeiro de 2021.

A mesma portaria designou para a Comissão Processante de Sindicância o servidor Severino Florêncio de Oliveira Neto e membros as servidoras Isabel Rodrigues Rosa e Rubia Batista de Sales, para proceder com a apuração dos fatos narrados no Ofício n° 054/2021 da Secretaria Municipal de Saúde.

A Secretaria de Saúde recebeu inicialmente, 60 doses da vacina Coronavac, tendo vacinado 46 profissionais da saúde, mas restavam apenas 13 doses, ao invés de 14, que seria o número correto. O prazo para conclusão da sindicância não excederá 60 (sessenta) dias, podendo ser prorrogado por igual período.