São Gonçalo do Amarante segue o Governo do Estado e adere ao passaporte vacinal

A prefeitura de São Gonçalo do Amarante, região da Grande Natal, vai seguir o Governo do Estado e vai exigir o comprovante de vacinação nas repartições públicas, centros comerciais, galerias, shoppings, bares e restaurantes do município, menos para estabelecimentos de alimentações em local aberto com capacidade máxima de 100 pessoas. O decreto foi publicado no Jornal Oficial do Município (JOM) nessa terça-feira (25).

No decreto ainda ficou definido a proibição de festas, shows e eventos públicos e privados até o dia 16 de fevereiro, data da validade do documento.

O poder executivo estadual defende a medida, argumentando que o decreto aumentou a quantidade de pessoas vacinadas, e diz que ele deve prevalecer em relação à liberação da exigência decretada pelo município de Natal.

 

Tribuna do Norte