Polícia Civil resgata bebê de cinco meses “raptado” pelo pai, suspeito de integrar facção no RN

A Polícia Civil de São Gonçalo do Amarante resgatou um bebê de cinco meses que havia sido levado pelo pai, identificado como Evandro, após ele, supostamente, agredir e quase matar a ex-mulher e mãe da criança. A informação foi trazida pelo Balanço Geral, da TV Tropical. Após o resgate, o bebê não foi devolvido para a mãe e sim para uma tia, após passar pelo Conselho Tutelar.

“Tanto a vítima, quando o acusado são pessoas complicadas e por isso o Conselho Tutelar preferiu entrega-la para uma tia. A criança não tinha lesões aparentes, essa questão dela ter sido agredida, da mãe ter batido, ainda será apurado”, explicou o delegado de Polícia Civil de SGA, Rafael Câmara.

Segundo o relato da mãe, ela foi vítima de uma tentativa de feminicídio e conseguiu, na Justiça, um mandado de prisão contra o pai da criança. Além disso, ele também está proibido de se aproximar dela, graças a uma medida protetiva.

Portal 96 FM