Petróleo sobe quase 20% após ataques de drone contra instalações sauditas

O preço do petróleo disparou nos mercados globais nesta segunda-feira (16), dois dias depois que ataques de drones a petrolíferas na Arábia Saudita no sábado (14) levaram o país a ter de cortar 50% de sua produção.

O barril do petróleo Brent chegou a um pico de US$ 71,95 no mercado futuro, um aumento de 19,5% em relação à sexta-feira (13). Foi a maior alta diária registrada desde 1991, quando começou a Guerra do Golfo. A informação é Folha de S. Paulo.

Por volta das 7h30 desta sexta, o barril era cotado a US$ 65,32 , alta de 9% em relação à sexta.