Patrulha Maria da Penha vai às comunidades conscientizar mulheres sobre violência doméstica em Natal

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) vai iniciar um projeto de levar às comunidades da capital palestras relacionadas ao combate à violência doméstica. A ação vai ser coordenada e operada pela equipe da Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal do Natal (PMP/GMN), sendo aberto o ciclo de palestras no próximo dia 24, na comunidade de Jardim Progresso, bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na zona Norte da cidade. 

A Coordenação da Patrulha Maria da Penha vai atuar em parceria com a empresa Start Comércio e Serviços, que será responsável pela mobilização das pessoas e estrutura para abrigar o trabalho de conscientização que fica sob a responsabilidade dos técnicos da Patrulha Maria da Penha. O plano é a realização de três palestras por mês abrangendo comunidades distintas, sendo uma ação por semana durante as três primeiras semanas de cada mês. 

A secretária da Semdes, Sheila Freitas, ressaltou que o trabalho tem um caráter educativo, pois muitas vezes às mulheres vitimadas pela violência doméstica não sabem como proceder para buscar ajuda e amparo do poder público. “As palestras vão falar de direitos da mulher, mostrar a legislação, onde e como buscar ajudar, explicar como é o serviço de proteção da Patrulha Maria da Penha e, principalmente deixar claro, que elas não estão sozinhas nessa luta”, comentou a secretária. 

A coordenadora da Patrulha Maria da Penha, Michely Oliveira, explicou que já se está planejando um cronograma de palestras e temas que serão abordados nas ações que vão acontecer durante o mês de outubro. Para isso foi realizada uma reunião com a equipe da Patrulha e a empresa Start para definir os detalhes do projeto.  

“Para o próximo mês, montaremos um calendário de atividades de acordo com a agenda da Patrulha, mas já foi definido que serão três atividades, sendo uma por semana nas três primeiras semanas do mês. O trabalho da Patrulha Maria da Penha avança em Natal e agora vamos às comunidades conscientizar a mulher e combater à violência doméstica”, informou a guarda municipal e coordenadora da Patrulha, Michely Oliveira. 

O trabalho da Semdes desenvolvido pela equipe da Patrulha Maria da Penha vem sendo ampliado em Natal. Além do serviço de proteção, amparo e monitoramento das vítimas de violência doméstica, a Patrulha construiu parcerias que estão propiciando capacitação profissional e alimentos às mulheres vítimas que necessitam dessas ajudas. A Patrulha Maria da Penha nas Comunidade é um novo passo para o fortalecimento das ações de combate à violência contra à mulher na capital.