Nova Central do Cidadão de Macau está com 80% das obras executadas

Com investimento de R$ 4 milhões, em obras e equipamentos, está em fase de conclusão de obras  a nova Central do Cidadão de Macau, que atenderá os municípios de Alto dos Rodrigues, Afonso Bezerra, Carnaubais, Galinhos, Guamaré, Jandaíra, Pedro Avelino, Pendências e Porto do Mangue. Os recursos são do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial.

Em vista à obra, na tarde desta quarta-feira, os secretários Vagner Araújo (Sethas e Coordenador do Projeto Governo Cidadão) e Tatiana Mendes Cunha (Casa Civil), acompanhado do prefeito Túlio Lemos e auxiliares, puderam constatar o ritmo das novas instalações da Central.

“O ritmo está bom. Queremos oferecer serviços de gestão e qualidade no atendimento para essa região. A população merece, as instalações são modernas e permitirá conforto e agilidade no atendimento que poderá ser agendado”, garante Vagner.

“Vamos voltar em breve para inaugurar. Estimamos a conclusão das obras físicas em mais 30 dias. Depois disso é só receber e instalar os móveis e equipamentos de informática. Aqui serão ofertados 15 serviços”, comenta Tatiana Cunha.

O prefeito de Macau ainda não tinha visitado a obra e gostou do que viu. “O prédio encontra-se com mais de 80% da obra concluída, é muito bom saber que o Estado está investindo em melhorias nos serviços à população”, afirma.

A nova Central do Cidadão em Macau oferecerá 15 serviços, 13 totalmente novos que não eram ofertados antes. Estes serão: Banco do Cidadão, CAERN, Defensoria Pública, Detran, foto/xerox, IPERN, ITEP, Juizado Especial, Junta Militar, Procon, Sine, Receita Federal/CPF, Tribunal Regional do Trabalho (TRE), Delegacia e Ministério do Trabalho.

Em todo RN, 22 novas centrais estão sendo construídas em terrenos próprios e vão gerar mais economia ao erário.

MATERNIDADE JOSÉ VARELA

Em Macau, os secretários também visitaram às obras do Hospital Maternidade José Varela, que está recebendo investimento de R$ 290 mil para adequações na rede materno-infantil. Em todo o Estado, 21 maternidades foram contempladas com adequações semelhantes.