Município de Equador recebe nota máxima do Ministério do Desenvolvimento Social em avaliação do CRAS

O município de Equador obteve nota máxima na avaliação IDCRAS – Índice  de Desenvolvimento do Centro de Referência de  Assistência Social (CRAS). A partir de requisitos estabelecidos pelo governo federal e cumpridos pela Secretaria de Assistência Social de Equador, por intermédio do CRAS, como estrutura física, serviços e benefícios e recursos humanos, sendo atribuídas notas de um a cinco. Equador obteve a nota máxima. Os prefeitos, secretários e conselheiros são avaliados e orientados a aprimorar a oferta dos serviços socioassistenciais nos municípios.

Segundo a secretária de Assistência Social, Regina Oliveira, o fato do centro funcionar em uma sede própria, ter profissionais em sua maioria concursados e, “principalmente, atender com qualidade um número significativo de usuários corroborou para o município receber nota máxima nos indicadores avaliados”. A secretária também ressaltou que os profissionais que compõem o CRAS, sob a coordenação do assistente social Aurimar Fernandes, estão de parabéns, pois prestam um serviço humano e de muita qualidade, reconhecido inicialmente pelos próprios usuários e agora pelos  órgãos de avaliação e controle nas esferas federal e estadual.

A secretária lembrou que, sem o apoio e a valorização do social na gestão da prefeita Noeide Sabino, nada disso poderia ter sido conquistado. “A gestão municipal merece as honras e o reconhecimento por assegurar a política pública da assistência social no município como garantia de direito aos usuários, o que se materializa de fato numa realidade cada vez melhor para a comunidade”, garantiu Regina Oliveira feliz com essa importante avaliação para Equador. O CRAS de Equador foi implantado no município em 2004, no mandato do ex-prefeito Zenon Sabino, e desde então vem desempenhando com sucesso o seu papel na nossa comunidade, que é notadamente o da inclusão social.