Hospital Regional de Currais Novos nega dificuldades para receber pacientes não-covid19 de outros municípios

Em nota enviada ao Blog do Marcos Dantas a direção do Hospital Regional Mariano Coelho, de Currais Novos negou que tenha colocado dificuldades para receber pacientes não Covid-19 de outras cidades, como denunciou o médico Manasses Medeiros a este mesmo Blog.

Confiram a nota:

O Hospital Regional Mariano Coelho conta com 10 leitos de terapia intensiva adulto totalmente equipados, com equipe qualificada para prestar assistência aos pacientes do RN.

No plano de contingência do Seridó, para a contenção da pandemia pelo SARS-CoV-2 nos tornamos a UTI do Seridó referencia para casos não Covid-19 e os critérios admissionais foram amplamente discutidos com a SESAP e a rede.

Para atender ao perfil “Hospital Limpo”, precisou-se de critérios de triagem mínimos e respeito as critérios admissionais de leitos intensivos – amplamente conhecidos na comunidade médica – para assim ofertar uma assistência que respeita o perfil hospitalar e garante a segurança dos pacientes.

Todos os leitos são regulados via Regulação Estadual por meio do Núcleo Interno de Regulação (NIR), com a necessidade de envio de protocolo via e-mail, como qualquer unidades do Estado.

Em momento algum trabalhamos com proposito de impor dificuldades a colegas de quaisquer região, pois nossa missão é ofertar um serviço de saúde de qualidade, respeitando os protocolos de segurança, fluxo e critérios de admissão.

Cientes do cumprimento correto de nossa função para a sociedade do Seridó.

Atenciosamente,

Direção Hospital Regional Mariano Coelho