Eduardo Campos: “Ninguém aguenta mais ver o Brasil entregue aos partidos políticos que não tem respeito aos recursos públicos”

IMG_1112222Em entrevista ao Blog do Marcos Dantas, por ocasião de sua visita à Santa Cruz nesta quinta-feira (23), o presidenciável Eduardo Campos (PSB) criticou fortemente o Governo da presidenta Dilma Rousseff (PT). Segundo ele, por onde tem andado começa a sentir o desejo do Brasil mudar. “Ninguém aguenta mais ver o Brasil entregue aos partidos políticos que não tem compromisso com a gestão, eficiência, ética, com respeito aos recursos públicos. A gente precisa cuidar para o Brasil não perder o que custou muito esforço do povo brasileiro”, disse.

Apesar das críticas feitas à Dilma, o ex-governador de Pernambuco evitou inserir o ex-presidente Lula no rol de seus criticados, e chegou a reconhecer alguns benefícios que os brasileiros têm conquistado, durante o governo do seu conterrâneo. “Nós construímos democracia, estabelecemos a moeda, e vivemos um tempo em que o povo pode ter alguns ganhos, desde quando o ex-presidente Lula chegou à presidência da República. O que estamos percebendo nestes últimos três anos é que o Brasil parou de melhorar e começou a piorar. Piorou a inflação, os juros, o crescimento econômico, a segurança pública e, sobretudo piorou para o Nordeste que elegeu a presidenta e não teve dela a atenção que deveria ter”.

Eduardo Campos citou problemas cruciantes do Nordeste, como a recente estiagem que se prolonga por quase três anos, como um dos exemplos da falta de investimento do atual Governo Dilma. “As ações foram tímidas, e nós não vimos obras estruturadas serem iniciadas ou inauguradas no atual governo, e a gente liga a televisão e todo dia um escândalo, uma corrupção, todo dia tem um desejo da equipe econômica de aumentar impostos. O Brasil não suporta mais isso e quer mudança”, finalizou.

Ouça Eduardo Campos: