CPI prevê efeito cascata e foco governista esvaziado após STF livrar governador de prestar depoimento

Integrantes da CPI da Covid dizem acreditar que a decisão da ministra Rosa Weber de autorizar o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não depor na comissão pode ter um efeito cascata.

A magistrada do STF (Supremo Tribunal Federal) afirmou que a regra só vale para gestores que respondem a investigação na Justiça, uma vez que a jurisprudência atual da corte estabelece que ninguém pode ser obrigado a produzir provas contra si mesmo.

Como a CPI havia aprovado a convocação apenas de governadores que foram alvo de operação policial, a avaliação é que o precedente com Wilson Lima pode ser estendido aos demais, barrando todas as oitivas dos responsáveis por Executivos estaduais.

 
Da Folha