Caicoense procura ITEP e se coloca à disposição para fazer sepultamento de bebê encontrado no lixão, porem se esbarra na Lei

Uma caicoense que pediu para não ser identificada procurou o ITEP esta semana, logo ao tomar conhecimento do edital divulgado pelo Instituto, solicitando o comparecimento de familiares do bebê, encontrado morto no lixão de Caicó, para realizar o sepultamento.

Como até agora não apareceu ninguém se apresentando como familiar do bebê, a caicoense se colocou à disposição para dar um enterro digno ao bebê, porem acabou se esbarrando na burocracia da Lei. 

Em entrevista ao Panorama 95 desta quarta-feira (15) o diretor-geral do ITEP, Marcos Brandão explicou o caso: