Tribunal nega absolvição sumária da esposa de Lula, Marisa Letícia

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região decidiu nesta terça-feira (21) contra a absolvição sumária da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, que morreu em fevereiro deste ano. A informação é da Folha de S. Paulo.

Quando Marisa morreu, o juiz Sergio Moro, da primeira instância, considerou que a punibilidade estava extinta, mas não determinou a absolvição sumária. A defesa da ex-primeira-dama e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, então, entrou com recurso no TRF-4.