Marcos Dantas

Terreno do Instituto Lula foi comprado pela Odebrecht


O terreno do Instituto Lula, comprado pela Odebrecht por meio de uma empresa laranja, a D.A.G. Construtora, foi negociado por Antonio Palocci e Roberto Teixeira, o advogado de Lula.

A Época entrevistou um dos antigos proprietários do terreno, Fernando Baldassarri.

Ele confirmou o papel de Roberto Teixeira na trama:

“Teixeira era o coordenador da compra, o maestro, e disse que era pegar ou largar. A transação foi no escritório dele”.