SEJUC transfere 142 presos do CDP Parelhas

Após a morte do detento Francisco Geandro Martins de Oliveira, no Centro de Detenção Provisória de Parelhas, neste sábado (27), a secretaria estadual de Justiça e Cidadania (SEJUC) determinou a transferência de todos os presos daquele CDP.

O detento foi encontrado morto na cela três daquela unidade prisional, supostamente enforcado e com queimaduras formando a sigla RN2, foi a segunda morte registrada em menos de seis meses no CDP de Parelhas.

Francisco Geandro era acusado de ter esfaqueado, na madrugada do dia 15 de janeiro, uma mulher na cidade de Ouro Branco.

Ainda de acordo com informações, os detentos do regime semiaberto passarão para o regime de prisão domiciliar. Esta ação faz parte do plano de reestruturação do sistema carcerário do estado.

Cerca de 60 detentos foram transferidos para a Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, e os outros foram espalhados por outras unidades prisionais do estado. O CDP de Parelhas estava com 142 detentos.