Produção de galinha caipira ganha impulso na região do Trairi


O Rio Grande do Norte terá, pela primeira vez, uma produção regular e em escala comercial de galinhas caipiras a partir deste ano. Um grupo de 25 pequenos avicultores da região do Trairi, que é considerada o polo avícola do estado, está se reunindo para investir na produção de aves caipiras para corte e obtenção de ovos em contraposição ao frango industrial, também chamado de frango de granja.

A expectativa é chegar dezembro com uma produção mensal em torno de 8 mil aves e 30 mil ovos, que devem abastecer o mercado consumidor local, tanto privado – como as redes de supermercados – quanto o de compras públicas para suprir programas governamentais, como o da merenda escolar. Onze dos 25 avicultores já estão com a produção em pleno funcionamento.