Poderes discutem exploração comercial de lixo do transbordo de Cidade Nova

Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário se reuniram nesta quarta-feira (8) na sede da Justiça Federal para discutir o Projeto de Lei 248, de iniciativa da Prefeitura do Natal, que trata da criação de uma Sociedade Propósito Específico (SPE) para explorar comercialmente o lixo enviado para a Estação de Transporto de Cidade Nova.

A decisão de reunir todos os poderes partiu da Justiça Federal que está julgando uma ação contra a Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) por problemas previdenciários, que se arrasta desde 1988 e que ultrapassa o valor de R$ 177 milhões em dívidas previdenciárias. A reunião tentou unificar os poderes em torno do projeto e dos benefícios tanto para a população, quanto para a quitação dessas dívidas, que podem ser gerados a partir da exploração comercial do lixo enviado para o transbordo.