NEC Pinguinho de Gete aposta no xadrez aliado a tecnologia para estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças


as-aulas-acontecem-no-laboratorio-de-informatica

A tecnologia está cada vez mais presente nas nossas vidas, pensando nisso a escola NEC, por meio do NEC+ está realizando com turmas da oficina de xadrez um projeto que une o xadrez com a tecnologia. O objetivo é de colaborar para o desenvolvimento cognitivo das crianças por meio do jogo.

De acordo com a psicóloga do NEC, Patrícia Mota, o xadrez é um jogo que utiliza a abstração e a projeção. Os processos cognitivos utilizados durante uma partida estimulam as coordenações de ação, esquemas e estruturas mentais reconstruindo e reorganizando o cérebro para a tomada de consciência, em situações de conflito. “Esse tipo de atividade estimula a capacidade de antecipação, o raciocínio lógico e abstrato, ajudando o cérebro a aprender a pensar por meio de uma atividade prazerosa”, explica.

As aulas da turma de oficina de xadrez acontecem no laboratório de informática da escola, onde os alunos tem contato com ferramentas/programas que auxiliam os grandes jogadores de xadrez a evoluir. Patrícia ressalta que o xadrez também possibilita o exercício de atitudes que são de grande relevância para as crianças, tais como: o respeito mútuo, a autonomia, a tolerância, o espírito de competição, o sentimento de conquista e de perda, conhecer e reconhecer o ponto de vista do outro.