MPRN apura se o governador usou a máquina para favoreceu irmão do deputado Galeno Torquato


O Ministério Público do Estado instaurou inquérito civil para apurar eventual responsabilização do governador Robinson Faria (PSD) no uso da máquina pública durante as eleições municipais do ano passado, no município de São Miguel, situado na chamada “Tromba do Elefante”, região Oeste do RN.

O procurador-geral de Justiça Adjunto, Jovino Pereira da Costa Sobrinho, assina a portaria de nº 019/2017, publicada na edição do “Diário Oficial do Estado” desta terça-feira (14), baseado em notícia de fato 242/2016, a qual atribui ao governador a conduta de ter favorecido o então candidato a prefeito de São Miguel, José Gaudêncio Diógenes Torquato (prefeito eleito), irmão do deputado estadual Galeno Torquato (PSD). O favorecimento teria ocorrido pelo ato do governador promover e participar, pessoalmente, do lançamento do Programa “Microcrédito Empreendedor, em 10 de setembro de 2016.