MPF move três ações contra prefeito de São João do Sabugi


O Ministério Público Federal (MPF) instaurou três inquéritos contra o prefeito de São João do Sabugi, Aníbal Pereira (PMDB), denunciando irregularidades da gestão de recursos públicos obtidos por meio da União. O primeiro inquérito civil, datado de 2014, investiga o fato de o Município ter recebido recursos para a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e a obra nunca ter sido realizada. A verba foi repassada por meio do convênio SIAFI 547907.

A segunda ação, de 2015, investiga a paralisação das obras de saneamento básico na cidade, que também recebem recursos federais, por meio do convênio SIAFI 668735. O terceiro inquérito apura possíveis desvios de recursos em convênios celebrados pelo município com o Ministério do Turismo, para a realização de eventos na Cidade. São eles: SIAFI 780322 e 766028. Os três casos estão com o parecer pronto no gabinete do procurador e devem ir para despacho nos próximos dias.