Maior parte do crédito do FNE destinou-se aos setores Rural e Comércio e Serviços


Empreendimentos rurais e urbanos de mini, micro, pequeno e pequeno-médio portes mobilizaram 68% do total de financiamentos contratados com recursos do FNE, exceto FNE Infraestrutura. O maior volume de recursos beneficiou agricultores familiares e micro e pequenas empresas (MPEs), expressando a dinâmica desses segmentos na economia regional.

No recorte por setor, a maior parte do crédito do FNE destinou-se aos setores Rural (soma de agricultura e pecuária, inclusive agricultura familiar) e Comércio e Serviços, que somaram 88,8% do volume de financiamentos. Ainda assim, em termos comparativos, o setor Rural registrou redução de 23,7% no valor das contratações, ao lado da Indústria (-24,5%) e do Turismo (-43,6%), ao passo que o setor Comércio e Serviços obteve elevação da ordem de 73,3%.