Justiça potiguar tem 176 mil processos parados


Da Tribuna do Norte – A justiça estadual tem 176.221 processos parados há mais de 100 dias só nas varas e juizados de primeira instância. Essa quantidade diz respeito somente aos processo que esperam pela movimentação de servidores das secretarias judiciárias, sem precisar do ato de um juiz.

A justiça estadual tem muito menos servidores do que deveria ter, o que prejudica o andamento. A situação fica evidente nas avaliações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), quando o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN) fica nas última colocações da maior parte das listas de eficiência – isso quando as informações são fornecidas ao CNJ. São dados que se traduzem em lentidão da justiça e atrapalha o trabalho de advogados, sobrecarrega servidores públicos e irrita ou até desespera cidadãos.