Instituições visitam obras de limpeza do Rio Aguiar


img_8979

Uma comitiva formada por membros da diretoria do Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu, Agência Nacional de Águas, DNOCS, CAERN, CAGEPA e AESA visitou as obras de limpeza do Rio Aguiar, antes que as águas de Mãe D’Água sejam liberadas para garantir o abastecimento de milhares de pessoas em municípios da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

De acordo com José Procópio de Lucena, presidente do CBH-PPA, o quadro de crise hídrica é cada vez mais grave, e apenas uma boa gestão e economia dos recursos hídricos ainda existentes, podem garantir o abastecimento desta população até o início de 2017, se não houver recarga suficiente.

Foi um dia inteiro de compromissos. Pela manhã, além de visitas ao Complexo Curemas-Mãe D’Água, a comitiva se reuniu com moradores das comunidades, ouvindo reclamações de que a água captada pelo Canal da Redenção não tem chegado a todas as residências rurais. Uma vistoria mais detalhada ficou marcada para esta quinta (23) em todos os imóveis.

Já a tarde foi toda dedicada a visitas na calha do Rio Aguiar, onde o trabalho de limpeza do Rio foi concluído até a confluência com o Rio Piancó. O serviço foi da competência do DNOCS.  “O leito do rio Aguiar está ainda muito encharcado. Isso vai facilitar junto com a desobstrução o escoamento da água. As perdas de infiltração serão muito reduzidas. Em vários trechos da calha visitados ainda tem água acumulada”, finalizou Procópio.

Confira as imagens no local