Derrotado em Santo André, prefeito petista prega ‘reconstrução da relação com a sociedade’


“Precisamos reconstruir nossa relação com a sociedade, precisamos recuperar a credibilidade e eu não vejo outra forma a não ser recuperar os princípios que nortearam a criação do PT em 1980”, disse. Ele afirmou que o PT deve se aproximar dos trabalhadores e de movimentos sociais. Grana teve 21,79% dos votos contra 78,21% de Paulo Serra (PSDB). Pela primeira vez desde sua estreia nas eleições municipais, em 1982, o PT ficou sem nenhuma cidade do ABCD paulista. O PSDB foi o partido que se saiu melhor na região metropolitana —elegeu 11 prefeitos.

“O PT não foi criado só para disputar eleição, foi criado para mudar a sociedade brasileira”, disse. “Não fomos nós que perdemos, quem perdeu a oportunidade de continuar com nosso governo foi Santo André”, completou, afirmando que o oponente “se aproveitou do ódio”.

“Essa onda da direita, o que vem por aí é a tentativa de massacre nos direitos da população, dos mais pobres”, disse. Grana afirmou ainda que fará cobranças na oposição e que ligou para Serra se colocando à disposição para a transição.