Com exceção da Caixa, bancários voltam a trabalhar amanhã no RN


Da Tribuna do Norte – A greve dos bancários no Rio Grande do Norte acabou para os bancos da rede privada, BNB e Banco do Brasil. A assembleia da categoria acatou a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). Somente os servidores da Caixa continuarão de braços cruzados. A proposta acatada pelos bancários de vários estados país foi de um reajuste de 8%, mais abono de R$ 3.500 em 2016. Para 2017, o compromisso é de reposição integral da inflação (INPC/IBGE), mais 1% de aumento real em para os salários de demais benefícios dos profissionais.

De acordo com o coordenador do Sindicato dos Bancários do RN, Gilberto Monteiro, a proposta não foi considerada justa pela categoria, mas os potiguares decidiram acatar o posicionamento nacional. Por outro lado, os servidores da Caixa não aceitaram a proposta em todo o país e seguirão de braços cruzados. A paralisação dos bancos foi a maior desde 2004. Ao todo, os profissionais passaram 32 dias em greve.