Marcos Dantas

Com dívidas de mais de 200 mil reais, motoristas do Transporte Escolar de Caicó ameaçam paralisar atividades


transporte-escolar-marcelo-camargo

Uma reunião as 9 horas desta terça-feira (01) deve selar o futuro do transporte escolar dos alunos da Zona Rural de Caicó, nestes últimos meses do Governo Roberto Germano. O serviço é explorado pela Companhia dos Transportadores LTDA ME, que tem como presidente Enildo Batista de Araújo. São dois contratos fechados entre o Município e a Companhia dos Transportes LTDA (COMPTERN). Um deles é para realizar o transporte dos alunos da Zona Rural, e o outro para os da zona urbana, especialmente professores que lecionam nas escolas rurais.

Do contrato que atende a zona urbana, tem nota fiscal sem ser quitada dos meses de Julho, Agosto e Setembro deste ano. E do que transporta alunos da Zona Rural a Cooperativa só recebeu metade do mês de setembro. E nos dois casos, agora o mês de Outubro, cuja nota deverá ser tirada nos próximos dias. De acordo com Enildo, a dívida da Prefeitura com a COMPTERN passa de 200 mil reais.

Ao Blog do Marcos Dantas, ele deixou claro que o atraso tem deixado a Cooperativa em situação difícil, já que todos os impostos estão sendo pagos, até para que as notas de prestação de serviço sejam tiradas sem qualquer impedimento. “Estamos pagando os impostos adiantados das notas tiradas, e sem receber. Alguns pagam motorista toda semana para dirigir os veículos, e estamos enfrentando dificuldades nos postos, que não nos querem mais vender fiado”, disse. Para evitar que mais de 900 alunos fiquem sem transporte escolar, a Cooperativa vai exigir uma posição firme do Município na reunião desta terça. Caso contrário, já não rodam mais na quinta (03).