Marcos Dantas

Campanha que pede veto ao aumento salarial de secretários toma conta das redes sociais dos parelhenses


Uma campanha que tem o objetivo de pressionar o prefeito de Parelhas, Francisco Medeiros, a vetar um projeto de lei aprovado pela Câmara de Vereadores do Município, tomou conta dos perfis dos parelhenses, no Facebook. A campanha criada pelo grupo denominado de “Somos Todos Parelhas”, quer o veto ao projeto que aumenta a remuneração dos secretários da próxima gestão do executivo, passando de 3.500,00 para 4.500,00 mensais.

O novo valor, representaria um custo superior a meio milhão de reais, durante toda a gestão. Para o grupo autor da campanha, esse valor poderia ser investido em outros setores, em benefício da população e, jamais, ser revertido para os secretários, num momento em que o país enfrenta uma grave crise econômica.

A campanha foi lançada através do perfil do gerente de mídias sociais e um dos integrantes do grupo, George Daniel, com a hastag #VetaFrancisco e, em pouco tempo, ganhou apoio dos internautas parelhenses. O grupo “Somos Todos Parelhas” é formado por parelhenses que não concordam com o fanatismo partidário, existente na cidade, e que acreditam que política deve ser discutida constantemente, de maneira ampla, livre e democrática. Resta saber agora, o que o prefeito Francisco vai fazer diante das cobranças.