Vereadores de Canguaretema se reuniram pela internet para deliberar, discutir e votar projetos em sessão virtual

A Câmara Municipal de Canguaretama realizou nesta quinta-feira (16), pela primeira vez na história, uma sessão plenária virtual usando plataforma de videoconferência. Os vereadores se reuniram pela internet para deliberar, discutir e votar projetos. O expediente do Poder Legislativo está suspenso, como medida para evitar o avanço do novo Coronavírus. De acordo com a presidente da Câmara, vereadora Irmão Lila (PSDB), a sessão tratou da aprovação de requerimentos e de ações de combate ao Covid-19.

Canguaretama teve uma morte confirmada nesta quarta-feira (15). Devido à falta de transparência da Prefeitura foram convocados os secretários de Saúde, Assistência Social, Educação e Agricultura para dar explicações aos vereadores sobre as ações desenvolvidas de suas pastas. Também foram questionados os critérios adotados e a inação administrativa em alguns pontos. Foi aprovado também, duas sessões semanais virtuais, onde dois secretários convocados terão que dar explicações sobre as ações da administração de Canguaretema, referentes a suas pastas. Os vereadores aprovaram ainda a formação de uma Frente Parlamentar de Combate ao Covid-19.