Ucrânia anuncia retirada de seu exército em áreas da frente norte de batalha com a Rússia

Militares ucranianos da 45ª Brigada de Artilharia se reposicionam na região de Donetsk
Militares ucranianos da 45ª Brigada de Artilharia se reposicionam na região de Donetsk — Foto: Genya SAVILOV/AFP

O exército ucraniano anunciou nesta quarta-feira que se retirou de algumas áreas da frente norte de batalha, na região de Kharkiv, onde a Rússia lançou uma ofensiva em 10 de maio. Informações preliminares dão conta que o presidente Volodymyr Zelensky cancelou visita que faria à Espanha na sexta-feira.

“Em algumas áreas, perto de Lukyantsi e Vovchansk, em resposta ao fogo inimigo e a um ataque de infantaria, as nossas unidades manobraram na direção de posições mais favoráveis ​​para salvar as vidas dos nossos soldados e evitar perdas”, relatou um major ucraniano, em redes sociais.

Por sua vez, a Rússia afirmou, também nesta quarta-feira, ter neutralizado 17 drones ucranianos que tinham como alvo, entre outros, um depósito de combustível na região de Rostov, no Sul, onde está o quartel-general militar da operação russa na Ucrânia.

“Da noite para o dia, várias tentativas do regime de Kiev de realizar ataques terroristas contra alvos em território russo foram evitadas”, disse o Ministério da Defesa, em comunicado.

Os sistemas de defesa aérea russos interceptaram e destruíram 17 drones em várias regiões fronteiriças da Ucrânia, bem como dez mísseis ATACMS sobre a península anexada da Crimeia, segundo a mesma fonte.

Na região de Rostov, dois drones atacaram um depósito de combustível, causando explosões, disse o governador local, Vasily Golubev, no Telegram.

O ataque não causou nenhum incêndio e “ninguém ficou ferido”, segundo ele.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.