TSE multa Bolsonaro por propaganda antecipada em motociata

O plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) acatou ontem uma representação do PT contra o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro por ter feito propaganda eleitoral antecipada em uma motociata de abril. O Tribunal só permitiu publicidades para as eleições deste ano a partir de agosto.

Segundo a decisão dos ministros, Bolsonaro deverá pagar R$ 5 mil de multa. O caso ocorreu em Cuiabá (MT), em 19 de abril, quando o presidente foi a um encontro de motociclistas e seguiu para comício em um templo religioso.

Do Uol