Terremoto de magnitude 6,1 sacode o Japão na mesma região de Fukushima

Terremoto desta quinta-feira atingiu a mesma região da usina de Fukushima
Terremoto desta quinta-feira atingiu a mesma região da usina de Fukushima — Foto: AFP

Um terremoto de magnitude 6,1 abalou a região japonesa de Fukushima, no nordeste do país, informou a Agência Meteorológica do Japão, que no entanto não emitiu alerta de tsunami.

Inicialmente, não foram relatados danos ou vítimas devido ao tremor, cujo epicentro foi a 40 quilômetros de profundidade. O sismo também foi sentido em Tóquio.

O Japão é um dos países com maior atividade sísmica do mundo e tem regulamentos rigorosos para garantir que os edifícios e as infra-estruturas resistam aos terremotos mais poderosos.

O arquipélago de 125 milhões de habitantes sofre cerca de 1.500 terremotos todos os anos, embora a grande maioria seja moderada.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) estimou a magnitude do terremoto de quinta-feira em 6,1 e localizou seu epicentro a uma profundidade de 40,1 quilômetros.

O abalo ocorre um dia depois de um terremoto de magnitude 7,4, segundo o USGS, ter matado nove pessoas e ferido mais de mil em Taiwan.

O terremoto provocou a ativação de um alerta de tsunami em Taiwan, Filipinas e Japão, embora tenha sido posteriormente descartado.

O terremoto mais poderoso registrado no Japão ocorreu em março de 2011 e também na costa nordeste do país. O tremor de magnitude 9, seguido por um tsunami, deixou cerca de 18.500 pessoas mortas ou desaparecidas.

O evento também destruiu três reatores da usina nuclear de Fukushima, no pior desastre nuclear desde Chernobyl.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.