Tabelião lança campanha pelo adiamento de impostos em Parnamirim

“Diante de situação que estamos vivendo e dos riscos à saúde da nossa população com o #coronavírus, é urgente o Poder Público Municipal agir em relação à saúde financeira de milhares de Famílias que dependem do comércio e de pequenos serviços e estão prejudicados, sem clientela”. Com essa declaração nas redes sociais nesta quarta-feira (25/03), o tabelião de Parnamirim, Airene Paiva, provoca a Prefeitura da cidade, assim como a população para a necessidade de medidas que ajudem os parnamirinenses a atravessar a difícil crise de saúde, mas também econômica.

Doutorando pela Universidad Del PaísVasco (Espanha), o bacharel em Direito, conhecido no município pelo perfil empresarial, chama a atenção para a tomada de medidas administrativas que amenizem os efeitos econômicos negativos da Covid-19. “Parnamirim, a exemplo de outros municípios do Brasil, precisa decretar o adiamento de tributos para estabelecimentos que estão fechados por conta do coronavírus, para minimizar o impacto e ajudar na sobrevivência de milhares de famílias”, conclamou.

Para Airene, a medida deve incluir também o IPTU das empresas e contemplar também outras taxas cobradas pela prefeitura, assim como deveria ser adiada a cobrança da dívida ativa. “Segundo se comenta em Parnamirim, dinheiro não falta na Prefeitura. Assim, adiar a cobrança do IPTU e outras taxas, suspender as cobranças da dívida ativa é perfeitamente possível”, disse.

O tabelião lança, inclusive, uma hashtag para a campanha nas redes sociais. “É hora de cada um somar com proposições que ajudem a suportar a crise que se abate sobre setores importantes da cidade que geram emprego e renda. #AdiaImpostoParnamirim”, escreveu em seus perfis.