Suspeito de ajudar fugitivos de presídio federal no RN é preso em pousada em Fortaleza

Os detentos Deibson Cabral Nascimento (à esquerda) e Rogério da Silva Mendonça fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) — Foto: Reprodução
Polícia prende suspeito de ajudar fugitivos de presídio federal de segurança máximaOs detentos Deibson Cabral Nascimento (à esquerda) e Rogério da Silva Mendonça fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró (RN) — Foto: ReproduçãoCronologia fugitivos Mossoró — Foto: Arte/g1

Um suspeito de ajudar os dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi preso em uma pousada na Praia do Futuro, em Fortaleza, na última segunda-feira (1º). O suspeito de 25 anos foi localizado pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará.

✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Ceará no WhatsApp

Segundo a polícia, esse homem, natural de Baraúnas, Rio Grande do Norte, tinha relações próximas com outro suspeito preso, no dia 8 de março deste ano. Juntos, a polícia acredita que eles fazem parte de uma rede de apoio do crime que foi formado por uma facção ligada pelos fugitivos.

A última prisão de um suspeito de ajudar os dois fugitivos ocorreu no dia 8 de março. Prisão dele, que tem 31 anos, ocorreu em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 8ª Vara federal de Mossoró. O homem é suspeito também de fazer parte de uma facção criminosa.

Outras seis prisões, cinco em cumprimento a mandados de prisão, além de uma prisão em flagrante, já foram realizadas pela Polícia Federal.

Rogério Mendonça e Deibson Nascimento estão foragidos desde 14 de fevereiro, quando abriram passagem por um buraco atrás de uma luminária do presídio e cortaram duas cercas de arame usando ferramentas de uma obra que ocorria no local para escapar. Foi a primeira fuga na história do sistema penitenciário federal desde a criação em 2006.

As buscas envolveram helicópteros, drones, cães farejadores e outros equipamentos tecnológicos sofisticados, além de mais de 500 homens, incluindo a Força Nacional e equipes de elite da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal.

LEIA TAMBÉM

As buscas se concentraram, desde o início, nas áreas rurais das cidades de Mossoró e Baraúna, cidades ligadas pela estrada RN-015, onde fica o presídio, que ficam próximas à divisa com o Ceará.

Durante a fuga, Mendonça e Nascimento invadiram três casas, fizeram uma família refém. Segundo informações da investigação da Polícia Federal (PF), uma facção criminosa teria os ajudado a pagar R$ 5 mil ao dono de uma fazenda que auxiliou na fuga, permitindo que se escondessem em sua propriedade.

Fonte: G1 RN

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.