Shows do Mossoró Cidade Junina custarão R$ 3,6 milhões; maior cachê será de Wesley Safadão

O Mossoró Cidade Junina vai começar em junho, com diversos shows e vasta programação cultural na maior cidade do interior potiguar. A Prefeitura publicou o os extratos de inexigibilidade de licitação para a contratação de 22 atrações. Ao todo, o custo será de R$ 3,7 milhões.

O maior valor será pago para o show de Wesley Safadão, que ocorrerá no dia 9 de junho. O custo será de R$ 600 mil. (Veja lista dos cachês no fim da matéria).

Além dos cachês, a Prefeitura de Mossoró também publicou aviso de retificação para edital de licitação para a permissão de uso

de espaço público, “onerosa e em caráter precário”, para exploração comercial dos espaços destinados a instalação dos camarotes no Polo “Estação das Artes”, também no Mossoró Cidade Junina. A abertura da sessão será às 9h do dia 5 de maio, no auditório da Estação das Artes Elizeu Ventania.

Veja cachês:

Bell Marques – R$ 300 mil

Alceu Valença – R$ 220 mil

Xand Avião – R$ 400 mil

Walkyria Santos – R$ 60 mil

Toca do Vale – R$ 90 mil

Bonde do Brasil – R$ 90 mil

Parangolé – R$ 170 mil

Mara Pavanelly – R$ 80 mil

Eric Land – R$ 100 mil

Dorgival Dantas – R$ 130 mil

Kiko Chicabana – R$ 90 mil

Taty Girl – R$ 120 mil

Zé Cantor – R$ 100 mil

Raí Saia Rodada – R$ 220 mil

Lagosta Bronzeada – R$ 60 mil

Júnior Vianna – R$ 80 mil

Limão com Mel – R$ 110 mil

Matheus e Kauan – R$ 280 mil

Nathan – R$ 200 mil

Wesley Safadão – R$ 600 mil

Cavaleiros do Forró – R$ 60 mil

Mari Fernandez – R$ 110 mil

 

Do Tribuna do Norte