Rio Guaíba atinge cota de inundação em Porto Alegre; chuvas deixam quatro mortos no RS

O Rio Guaíba atingiu, nesta segunda-feira, sua cota de transbordamento no centro histórico de Porto Alegre. O nível do curso d’água chegou a três metros. Acima desse patamar ocorrem inundações. Com a elevação, a Prefeitura fechar as comportas do sistema de contenção de enchentes. As chuvas na última semana já deixaram quatro mortos no Rio Grande do Sul.

A cota de inundação foi atingida conforme medição da Rede Hidrometeorológica Nacional. Na noite de domingo, a elevação do nível do Guaíba atingiu 2,67 metros, no Cais Mauá. Na manhã desta segunda-feira, a água já começa a invadir a calçada no mesmo local.

A rápida elevação do nível do Rio Guaíba deve-se a vazão das cheias dos Rios Taquari e Caí. Ambos passam por cheias de grandes proporções em razão das fortes chuvas que caíram nos últimos dias no Rio Grande do Sul.

Cinco comportas devem ser fechadas na região do Cais Mauá, em Porto Alegre, de acordo com a GZH. O sistema possui, ao todo, 14 portões. Desse total, oito ficam abertos e outros seis fechados permanentemente. O fechamento ocorre em momentos de alerta e serve para evitar o alagamento da cidade.

Os temporais que atingem o Rio Grande do Sul desde quarta-feira deixaram quatro mortos, até o momento. Há ainda 63 pessoas feridas, 2.653 desabrigadas e 7.527 desalojadas. Mais de 194 mil foram afetadas, direta ou indiretamente.

Uma das vítimas é a fisioterapeuta Isabeli Soardi, de 26 anos. A jovem não resistiu aos ferimentos após ser atingida por uma estrutura de alvenaria de um complexo esportivo que desabou durante temporal na cidade gaúcha de Giruá, na noite desta quarta-feira.

As outras vítimas fatais foram de duas mulheres, soterradas em sua residência em Gramado, e de um homem, que tentou atravessar as águas com seu carro e foi arrastado em Vila Flores.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.