Revista Crusoé: Fábio Faria articula queda do também potiguar General Ramos

Segundo reportagem de André Spigariol na revista Crusoé desta semana, nesta quarta-feira (15), o ministro Fábio Faria teria se dirigido a mansão no Lago Sul de Brasília por duas vezes, com o carro oficial do Ministério. À noite, Faria teria voltado à mansão com novo rega-bofe em um pequeno comitê, que reunia, entre poucos, Martha Seillier, secretária especial do Programa de parcerias de investimentos do Ministério da Economia, e Daniella Marques, assessora especial de Guedes.

De acordo com a reportagem, Faria articula uma conspiração para derrubar o ministro general Luiz Eduardo Ramos (que tem raízes em Timbaúba dos Batistas, na região Seridó), da secretaria de Governo de Jair Bolsonaro, alçando para o posto a superassessora de Paulo Guedes.A proposta já teria sido avalizada tanto por Guedes, quanto pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, restando apenas convencer Bolsonaro. A mansão no Lago Sul de Brasília foi cedida pelo deputado federal Guilherme Mussi (PP-SP), tem tem como ex-cunhada, a apresentadora Patrícia Abravanel, esposa do ministro. Guilherme Mussi não é mais genro de Silvio Santos. Ele e Rebeca Abravanel, a filha número cinco do dono do SBT, assinaram o divórcio em 2016.