Representantes da SESAP e de Conselhos de Saúde fazem inspeção no Hospital Regional do Seridó

Na última sexta-feira (26) uma equipe formada por representantes da Secretaria de Saúde do RN, dos Conselhos Estadual e Municipal de Saúde, CIR e Direção do HRS visitou todas as instalações do Hospital Regional do Seridó. A visita foi motivada depois que funcionários da casa de Saúde emitiram uma nota de repúdio pela situação de dificuldade em que se encontra o hospital.

De acordo com o Procópio Lucena, presidente do Conselho de Saúde de Caicó, na ocasião foi dialogado sobre a funcionamento do HRS, inclusive,  com os funcionários em cada setor do hospital onde de forma livre suas vozes foram ouvidas e valorizadas.

Tratamos da Carta dos/as funcionários/as que relataram a falta de insumos e medicamentos e da nota da SESAP e direção do Hospital esclarecendo os fatos e as medidas em curso!

Foi o dia inteiro de trabalho, onde coletivamente, inclusive, com a presença da secretaria adjunta da Sesap e a coordenadora dos hospitais do estado, compreendemos de forma mais efetiva e real o quadro de necessidades e urgências que passa essa casa de saúde, mas, também, identificamos o quanto esse hospital melhor e qualificou os serviços de saúde e ao mesmo tempo identificamos que existe uma coordenação atuante e um quadro de funcionários/as comprometidos/as  com os serviços de saúde do hospital!

Durante todas as discussões e análises ficou evidente que a conjuntura atual interfere fortemente na falta de insumos e medicamentos em toda rede de saúde do estado e do país e que a Sesap e os municípios do Serido tem feito intensa parceria na tentativa de dar maior resolutividade ao funcionamento do HRS!

Finalmente, após, intensos e profícuo diálogo e reconhecimento que as reivindicações dos funcionários/as são verdadeiras e justas, que também,  existem esforços da Sesap e coordenação do hospital em parceria com os municípios para enfrentarem  essa grave crise de desabastecimento do hospital, o controle social representado pelo CES e CMS farão um documento de recomendações aos órgãos competentes na perspectiva de soluções urgentes, emergências e estruturantes para melhorar cada vez mais os serviços de saúde ofertados por essa  histórico patrimônio do povo do Serido, o “Hospital Regional Telecila Freitas Fontes( HRS)”, explicou Procópio.