Rafinha “chegou”: Marquinhos Santos exalta recuperação de atacante no América-RN

Rafinha comemora golaço em vitória do América-RN — Foto: Gabriel Leite

Em 2023, Rafinha foi anunciado pelo América-RN com status de principal contratação para Série C do Campeonato Brasileiro. Em campo, a equipe rubra foi rebaixada e esta mancha grudou no atacante. Muitas críticas e piadas por parte da torcida e da imprensa, boatos de uma possível saída, mas ele permaneceu no grupo, com a confiança do técnico Marquinhos Santos e da diretoria da SAF. A irregularidade no início da atual temporada fez com que a “pressão” da arquibancada e das redes sociais aumentasse e o convívio com lesões atrapalhou o atleta de 31 anos. Recuperado, mas ainda sem render o esperado, ficou fora de duas partidas (contra São Luiz e ABC) por opção da comissão técnica para obter um melhor condicionamento. Na volta, uma novidade: pediu para deixar de usar a camisa 10 e adotou a 37 na numeração fixa do Alvirrubro. Tirou um “peso das costas”. Em quatro jogos nesta retomada, marcou três gols e deu duas assistências (relembre abaixo).

+ Clique aqui para seguir o canal do ge RN no WhatsApp

Rafinha já superou o número de gols marcados pelo América no ano passado (veja abaixo).

Além de Rafinha, outros seis atletas estavam no elenco rubro que foi rebaixado em 2023 – Matheuzinho, Gustavo Ramos, Gilvan, Alan, Marcos Ytalo e Renan Bragança. Todos eles foram citados por Marquinhos Santos na última entrevista coletiva. O treinador frisou que sempre prezou pela recuperação de todos eles, com trabalho, tempo e minutagem em campo.

– É aquilo que nós temos falado, de que os reforços estariam aqui dentro mesmo (do grupo). São atletas de qualidade, que já tiveram grandes conquistas em suas carreiras e era uma questão de tempo, uma questão de preparação. Não só tempo de trabalho, mas também no quesito mental, de recuperar esses atletas emocionalmente, psicologicamente – falou em outro momento.

Leia mais notícias do esporte potiguar no ge RN | ge.globo/rn

Fonte: G1 RN

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.