Projeto aprovado também concede letras a professores e especialistas

Outro projeto encaminhado pela governadora e aprovado pelos deputados concede uma letra a todos os professores e especialistas do Estado, sem a necessidade de avaliação. Ficam de fora apenas os profissionais que ingressaram recentemente na rede e estão em estado probatório.

De acordo com o Plano de Carreira do Magistério, os professores e especialistas estão distribuídos em dez classes, que variam entre as letras A e J. A chamada progressão horizontal leva em conta tempo de serviço e qualificação. O terceiro projeto aprovado nesta terça-feira reajusta em 8,32% o piso dos professores do Estado, a partir do mês de janeiro. Como a lei é retroativa, a categoria já havia recebido o aumento na folha de fevereiro, como prometido pela governadora.

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.