Previsão de tempestade: governo de SP pede para prefeituras cancelarem eventos a céu aberto na tarde de sábado

Árvore caída na região do Itaim Bibi: cidade teve dezenas de ocorrências do tipo
Árvore caída na região do Itaim Bibi: cidade teve dezenas de ocorrências do tipo — Foto: Maria Isabel Oliveira

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), pediu em reunião com prefeitos realizada nesta sexta-feira o cancelamento de eventos a céu aberto que envolvam a participação de grande público na tarde de sábado. A recomendação se dá por conta da previsão de forte temporal em diversas regiões do estado, o que levou a Defesa Civil a emitir alerta para a possibilidade de tempestades de granizo e ventos de até 100 km/h.

A recomendação do governo do estado é para que as prefeituras suspendam os eventos a partir das 16h de sábado. A prefeitura da capital diz que a readequação vai impactar 55 eventos na cidade, dentre eles o Expo Consciência Negra, no Memorial da América Latina, que precisará terminar mais cedo — inicialmente, o evento duraria até as 20h. Para domingo, a recomendação será avaliada conforme a intensidade dos incidentes no dia anterior.

A orientação não impactará eventos privados, como os shows do grupo mexicano RBD, que tem três apresentações marcadas para os próximos dias no Allianz Parque, Zona Oeste da capital.

O coordenador da Defesa Civil de São Paulo, coronel Hengel Ricardo Pereira, disse que as orientações para cada cidade serão definidas a partir do avanço das nuvens ao longo do dia. O órgão integra um comitê emergencial que reúne o governo do estado, prefeituras e as concessionárias de energia elétrica e foi montado para prevenir danos e agilizar o atendimento a ocorrências neste fim de semana. A ideia é evitar situações como a do dia 3 deste mês, quando um temporal provocou queda de energia e deixou mais de 4 milhões de paulistas no escuro, ou a da última quarta-feira, quando 290 mil endereços voltaram a ficar sem luz por causa de nova chuva.

— Nós vamos indicar quais serão as áreas prioritárias. As concessionárias apresentaram seus planos de contingência e terão mão de obra excedente. A gente está mais preparado do que estava no dia 3, estamos preparados para colocar recursos onde for preciso — disse o coronel, acrescentando que a Defesa Civil terá 5.000 agentes atuando em todo o estado durante o fim de semana.

Segundo Hengel, foi discutida durante a reunião a possibilidade de concessionárias de energia cederem funcionários para outras em caso de queda de luz na área de atuação só de uma delas. A Enel prometeu ampliar a capacidade de atendimento de seu call center e também aumentar o número de funcionários nas ruas.

De acordo com o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), Tarcísio deixou a cargo de cada prefeitura decidir se manterão ou não seus parques abertos durante o fim de semana. Na capital, os parques abrirão no horário habitual no sábado, mas poderão ter o fechamento antecipado. Já na cidade do ABC Paulista, os parques fecharão os portões às 14h de sábado, enquanto para o domingo o horário de funcionamento ainda não foi definido. A prefeitura da cidade cancelou festival que estava previsto para ocorrer de sábado a segunda-feira e teria o cantor Péricles como uma de suas atrações.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.