Presidente do SindServ denuncia que Gestão Batata continua se apropriando indevidamente das contribuições dos servidores

As consignações do Sindicato dos Servidores Municiais continuam atrasadas. A dívida já chega a quase R$ 107 mil reais. Inclusive o Sindserv já entrou com uma ação na Justiça contra o Município.

De acordo com informações do presidente Thiago Costa “houve uma decisão da justiça reconhecendo o direito do SindServ, ordenando o repasse a partir de setembro, determinando multa diária e pessoal de R$ 3.000,00 para o prefeito, até um limite de R$ 50.000,00, em caso de descumprimento por parte do município”.

A determinação judicial também convocou uma audiência de conciliação, a qual ocorreu no dia 09 de novembro. Thiago destaca que na ocasião a Procuradoria do Município não apresentou nenhuma proposta de negociação da Gestão Batata. “Ou seja, a gestão do prefeito Batata continua se apropriando indevidamente das contribuições dos servidores para o sindicato e agora descumprindo uma decisão judicial”, defendeu Thiago.