Prefeito de São Paulo, Bruno Covas enfrenta tumor no trato digestivo, tromboembolismo pulmonar e um coágulo no pulmão

Exames realizados no sábado (26) apontaram o surgimento de um tumor no trato digestivo do prefeito Bruno Covas (PSDB), 39, segundo boletim médico. A informação é Folha de S. Paulo. Por esse motivo, ele seria submetido neste domingo (27) a uma laparoscopia diagnóstica —uma cirurgia menos invasiva, feita com vídeo, que coleta material para a biópsia.

Segundo o comunicado da prefeitura, emitido a partir de informações do hospital Sírio-Libanês, “foi realizado um [exame] pet scan em continuidade à investigação diagnóstica. Este exame mostrou o surgimento de uma tumoração no trato digestivo”.O resultado demora alguns dias para ficar pronto. A Folha apurou que as imagens sugerem um câncer no estômago, mas só a biopsia poderá dizer qual o tipo de tumor e o tratamento mais adequado.