“Precisamos formar cidadãos e não indivíduos”, destaca Jarbas Bezerra

A declaração é do Professor, Juiz e Doutorando em Educação, Jarbas Bezerra. Ele ministrou palestra durante o encontro da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente de Caicó, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (07/10), no auditório da 10ª DIREC. O tema central do encontro foi “Educação e Cidadania – Fortalecimento da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente”.

“O nosso objetivo é levar a cidadania para as pessoas que trabalham com a rede de proteção. No Brasil esse tema ficou em oitavo plano e hoje em dia as escolas preparam os jovens para o ENEM, mas precisa ir além e formar cidadãos. A cidadania começa na família, na escola, na sociedade de forma que precisamos formar cidadãos e não indivíduos”, explicou o juiz.

Para Júnior Santiago, Articulador Institucional da Rede de Proteção, “o nosso dever como rede de proteção é de articular e fortalecer essa teia para que no momento que for necessário possamos dar uma resposta adequada as diversas situações de riscos e de violações de direitos de crianças e adolescentes da nossa cidade. A prevenção, a visibilidade dos casos e o desenvolvimento de competências são umas das estratégias e objetivos do trabalho em rede.”, explicou.

O Sistema de Garantia de Direitos pressupõe um trabalho em rede das instituições e dos atores envolvidos na proteção da infância e da adolescência e uma ampla parceria entre o poder público e a sociedade civil. A busca da intersetorialidade entre as diferentes áreas do governo, otimizando espaços, serviços e competências é condição imprescindível para que as crianças e os adolescentes sejam atendidos de modo integral, como prevê o ECA.