Policiais exigem ao Governo pagamento do salário de dezembro

Da Tribuna do Norte – Os policiais militares aprovaram de maneira unânime a exigência do salário integral de dezembro para os servidores da segurança no próximo dia 16. A aprovação ocorreu no fim da manhã desta terça-feira, 9, em uma assembleia da categoria.

Segundo o presidente da associação, Eliabe Marques, o Governo do Estado havia proposto pagar janeiro integralmente no dia 16. Os policiais aceitaram o pagamento integral, mas referente ao mês de dezembro.

A nova proposta é uma resposta a anunciada pelo governo de adiantar 30% do salário de janeiro no próximo dia 10. Para os policiais militares, se a cronologia não for seguida “dezembro fica cada vez mais distante e pode ser esquecida”.

A deliberação vai ser apresentada ao chefe do Gabinete Civil Raimundo Alves. O presidente da associação de policiais militares Eliabe Marques afirmou que Raimundo havia dado a prerrogativa de pagar no dia 16 o salário integral de janeiro. Apesar de ser integral, os policiais exigem que seja o de dezembro pela ordem cronológica.

“Eu sinceramente não entendo porque não seguir a cronologia. Afinal de contas, o dinheiro é o mesmo. Seguir a cronologia é lógica”, declarou Eliabe Marques.

O governo vai ser notificado. Se não aceitar, uma nova assembleia vai ser convocada para deliberar um possível aquartelamento, sugerido por vários policiais militares durante a assembleia. “Vamos levar essa proposta, se não for aceita voltamos a nos reunir para ver as nossas ações”, disse Eliabe Marques.