Pilotos usam drones com câmeras térmicas para encontrar cães perdidos na Inglaterra

Cachorros são encontrados por drones na Inglaterra
Cachorros são encontrados por drones na Inglaterra — Foto: Jonh Watton

Nos últimos anos, os drones surgiram como uma tecnologia capaz de auxiliar em diversas atividades, desde o entretenimento até a agricultura. Essas aeronaves não tripuladas, controladas remotamente por pilotos humanos ou algoritmos, também têm auxiliado no resgate de animais domésticos. Esse é o caso do grupo de voluntários ‘Drone SAR For Lost Dogs’, que usa o aparelho para ajudar a encontrar cães desaparecidos.

Nesta semana, o piloto do drone John Watton foi alertado sobre o desaparecimento de dois Cocker Spaniels, que sumiram no domingo (31) na zona rural de Warwickshire, na Inglaterra. Depois de seis horas de procura, a dona dos pets acionou a ajuda.

Watton, de 50 anos, enviou seu drone e usou tecnologia de imagem térmica para rastrear os filhotes. Após 15 minutos depois, a tecnologia de busca de calor encontrou os cachorrinhos perdidos amontoados debaixo de uma árvore.

O uso de drones em buscas tem se tornado cada vez mais comum, em 2023, as aeronaves também foram usadas durante a erupção do vulcão na ilha de La Palma, para localizar cães que ficaram para trás durante a evacuação da população.

Alguns desses pilotos usam câmeras de imagem térmica, como a Drone SAR For Lost Dogs foi criada há mais de seis anos e conta com mais de 3.500 pilotos voluntários de drones e mais de 3.000 investigadores terrestres voluntários em todo o Reino Unido e Irlanda.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.