Pessoas ignoram toque de recolher e se aglomeram na praia da Ponta Negra no fim de semana em Natal

Um dos principais cartões postais de Natal, a praia de Ponta Negra foi cenário de uma aglomeração de várias pessoas sem máscaras, na tarde deste domingo (2). Imagens mostram centenas de pessoas sem máscaras e bem próximas umas das outras, ignorando o toque de recolher de 24 horas decretado nos domingos e feriados, por causa da pandemia da Covid-19 .

A Polícia Militar informou que foi ao local e orientou as pessoas a dispersarem. Apesar disso, ninguém foi detido pela desobediência às determinações. O supervisor geral de fiscalização ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal, Leonardo Almeida, afirmou que estabelecimentos foram notificados e deverão ser autuados por descumprimento de medidas de prevenção à Covid-19. O número de notificações não foi informado.

O decreto em vigor no estado determina toque de recolher das 22h às 5h no dias de semana e de 24 horas nos domingos e feriados. Aos domingos, restaurantes podem funcionar para atendimento presencial das 11h às 15h.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes suspendeu no sábado (1) as medidas do mais recente decreto municipal de Natal no combate à Covid-19 que são incompatíveis com as medidas do decreto do governo do Rio Grande do Norte. Dessa forma, o decreto estadual se sobrepõe ao decreto municipal e deve ser o cumprido na capital potiguar.

Natal havia autorizado o consumo de bebidas alcoólicas em bares e restaurantes, além do funcionamento dos estabelecimentos ao longo de todo o dia nos domingos e feriados. O decreto do governo estadual ainda recomendou que os municípios determinassem fechamento da orla.

Do G1